Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 05/11/2019
Tiago Nunes diz adeus ao Furacão e fica sem clube até final do ano
Compartilhar Notícia
Tiago Nunes está de saída do Athletico (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)


Tiago Nunes já está fora do Athletico. O treinador tinha se colocado à disposição para permanecer no clube até o final do contrato, no dia 8 de dezembro, mas não comanda mais a equipe no Campeonato Brasileiro.

 

A ideia do treinador é não assumir nenhum clube em 2019. Ou seja, ele só assumiria o Corinthians no ano que vem.

 

Segundo a jornalista Nadja Mauad, Tiago Nunes comunicou ao presidente Mario Celso Petraglia a sua saída do Furacão na manhã desta terça-feira (05/11). A conversa durou cerca de 20 minutos. No papo, ele mostrou desejo de se despedir dos jogadores.

 

O técnico deve convocar uma entrevista coletiva para falar mais sobre a saída do Athletico. O clube ainda não confirmou.

 

O Furacão havia marcado janela de imprensa na tarde desta terça, com 15 minutos de imagens, mas enviou um comunicado cancelando às 13h37.

 

Depois de uma reunião com a diretoria atleticana, na segunda-feira, Tiago Nunes aceitou a proposta do Corinthians. O treinador se reuniu com Petraglia, que ofereceu um contrato até 2021, maior do que o Timão, mas com um reajuste salarial dentro da realidade do clube, abaixo do oferecido pela equipe paulista.

 

Negociação

Logo depois da conquista da Copa do Brasil, Tiago Nunes passou a ser o nome mais valorizado e cobiçado no mercado. Treinador da nova geração, com 39 anos, conquistou o Paranaense (2018, com os aspirantes), Copa Sul-Americana, J. League/Conmebol e a Copa do Brasil de 2019.

 

Ainda em outubro, seu empresário foi procurado por equipes como Atlético-MG, Internacional, entre outras. Clubes que cobravam uma resposta do treinador sobre um trabalho a partir de 2020, já que Tiago sempre deixou claro que cumpriria seu vínculo com o Athletico até o final da temporada.

 

Tiago pediu que as propostas fossem direcionadas apenas a seu empresário. O primeiro prazo comunicado ao Athletico para definir sua situação foi dia 31 de outubro. O treinador chegou a se reunir com o diretor de futebol Paulo André, e com o vice-presidente Márcio Lara nesse período. Foi colocada na mesa uma proposta de um contrato até 2021, mas não chegaram a um acordo sobre salário e a falta de uma multa rescisória também atrapalhou.

 

O presidente Mario Celso Petraglia pediu mais tempo, já que queria se reunir pessoalmente com o treinador. A nova data estipulada pelo comandante foi dia 5 de novembro. No dia 3, Petraglia deixou o hospital em São Paulo e na segunda chamou Tiago Nunes para fazer uma nova proposta ao treinador.

 

Na reunião, que aconteceu na casa do dirigente, o Athletico fez novamente uma proposta para um contrato de dois anos, e um reajuste salarial dentro da realidade do clube.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados