Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 01/11/2019
Chuvas reduzem focos de calor no Pantanal e Defesa Civil continua em alerta em MS
Compartilhar Notícia
Área destruída pelo fogo no Pantanal, entre Miranda e Corumbá, de domingo a quinta-feira (Foto: Chico Ribeiro)


As chuvas que caíram na noite desta quinta-feira (31/10) entre Corumbá e Miranda, região do Pantanal de Mato Grosso do Sul com maior incidência de queimadas há cinco dias, amenizaram a situação no local, reduzindo de 335 para apenas três focos. Sobrevoos de aviões e helicópteros na manhã desta sexta-feira (01/11) vão dimensionar os impactos das chuvas para tomada de decisões pelo comando da Operação Pantanal 2.

 

A situação na área, depois da queima de 50 mil hectares de vegetação nativa, estava sob controle na quinta-feira com a redução do fogo, que se expandia para os campos, no sentido Oeste e Sul, se afastando da rodovia BR-262, onde a destruição foi expressiva. A forte chuva registrada no perímetro urbano de Corumbá também foi constatada em Miranda, entre a Fazenda BR Pec e o trevo da BR-262 com as MS-243 e MS-185 (região do Guaicurus).

 

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que, apesar da redução dos impactos, a operação não será desmobilizada e o trabalho de controle continua por terra e ar. Além do avião Air Tractor do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, mais duas aeronaves do mesmo modelo, enviadas pelo ICMbio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) estão em ação, lançamento água sobre o fogo, com o reforço ainda de um helicóptero do Ibama. Mais dois helicópteros – da Polícia Militar de MS e da Polícia Rodoviária Federal – estão auxiliando no transporte de bombeiros e brigadistas.

 

Focos no Parque Rio Negro

Segundo o comando da Operação Pantanal 2, baseada na Fazenda BR Pec, uma aeronave faria sobrevoo na manhã desta sexta-feira na região do Pantanal que abrange o Parque Estadual do Rio Negro, entre Aquidauana, Corumbá e Rio Negro, onde estaria ocorrendo focos de calor. A Defesa Civil informou que o Estado continua em alerta: a temperatura na região volta aos 40 graus hoje, com baixa umidade (entre 20% e 30%) e ventos fortes.

 

O Ibama desloca nesta sexta-feira uma equipe do PrevFogo para o Rio Negro, onde será montada uma nova base operacional, inicialmente na Fazenda Barranco Alto. Uma equipe de combate a incêndios do ICMbio também vai auxiliar o trabalho nessa nova área. O deslocamento da tropa se dará após o sobrevoo. O Exército participa da ação com duas equipes do 9º Batalhão de Comunicação, além de apoio logístico, incluindo uma cozinha de campanha sobre rodas.


Fonte: Subcom







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados