Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 07/10/2018
Brancos, nulos e abstenções alcançam meio milhão dos eleitores de MS
Compartilhar Notícia

Em Mato Grosso do Sul a porcentagem de brancos, nulos e abstenções já alcança 33,76% do eleitorado, maior do que a média nacional dos eleitores que não votam, que, até agora, alcança 29%. Em Mato Grosso do Sul, não votaram em nenhum candidato 578 mil pessoas.

 

O número de pessoas que não votam é maior do que nas últimas eleições para presidente, senadores e deputados federais e estaduais, quando brancos, nulos e abstenções alcançaram 373.191 eleitores, o que corresponde a 20,53%.

 

Biometria

Parte do eleitorado de Mato Grosso do Sul também ficou de fora das eleições por não ter atualizado o título pelo sistema de biometria. Este ano, primeira eleição com o sistema, o processo eleitoral ficou mais lento e as filas nos colégios eleitorais eram enormes.

 

Com 61.502 títulos de eleitor cassados, Mato Grosso do Sul é o 8º Estado no Brasil com maior número de cidadãos que não poderão votar nestas eleições. O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu manter o cancelamento pela Justiça Eleitoral de 3,4 milhões de documentos em 1.248 municípios por ausência na revisão cadastral, que abrange o cadastramento biométrico.

 

Por 7 votos a 2, o Supremo rejeito pedido apresentado pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro) para autorizar a votação destes eleitores irregulares. Dentre os argumentos, a legenda chegou a alegar que os 3,4 milhões que não se manifestariam nestas eleições correspondiam à soma do eleitorado de Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso.


Fonte: Campo Grande News







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados