Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 20/08/2009
PSDB de MS prorroga direção e manterá 99% das executivas
Compartilhar Notícia
Legenda: Azambuja presidirá o PSDB de Mato Grosso do Sul até outubro de 2010 (Foto: Divulgação)


Com aval da Executiva Nacional, o PSDB de Mato Grosso do Sul prorrogou na segunda-feira (17) o mandato da Executiva regional do partido, presidida pelo deputado estadual Reinaldo Azambuja. Na terça (18), ao conceder entrevista na Assembleia Legislativa, o dirigente, reconduzido para mais um ano de mandato, explicou que 99% das executivas municipais devem ser mantidas pelo mesmo período.
 
Executiva Nacional do partido justifica a decisão como uma necessidade para que os “órgãos da direção partidária, em todos os níveis, centrem suas atenções para a preparação do partido ao pleito de 2010” e “para preservar a linha política adotada pela Direção Nacional do PSDB”.

Na prática, os tucanos querem oferecer palanques estáveis ao candidato do PSDB à Presidência, sem os distúrbios enfrentados por Geraldo Alckmin na campanha de 2006, quando houve rachas em vários estados.
Mas, conforme os tucanos de MS, não há disputas pelo diretório regional e nem pelas executivas municipais, o que deve fazer o PSDB local passar pela nova fase com relativa tranqüilidade.

Pela resolução aprovada na segunda, Reinaldo Azambuja fica no cargo sem a necessidade de nova eleição até 26 de outubro de 2010. Ainda pela resolução ele tem poderes de prorrogar os mandatos das executivas municipais ou ainda de marcar a data de novas eleições.

Os tucanos definiram a criação de uma comissão para estudar caso a caso da situação das executivas municipais do PSDB do Mato Grosso do Sul. “Com a comissão vamos levantar em quais os municípios podem ficar como estão e quais precisarão de eleições. Mas, em uma avaliação preliminar acredito que 99% das executivas serão mantidas”, mencionou.

Eleições 2010

Em MS, o PSDB repete a composição nacional e junto com DEM e PPS forma o BDR (Bloco Democrático Reformista). O grupo quer participar da reeleição do governador André Puccinelli (PMDB), mas aguarda decisão do próprio governador.


Fonte: Valdelice Bonifácio







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados