Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 15 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 23/09/2009
Naviraí abre oficina de Cenografia com matérias recicláveis
Compartilhar Notícia
Oficina é realizada em parceria da Prefeitura de governo Estadual (Foto: Orisvaldo Sales)


A Fundação Cultural da Prefeitura de Naviraí deu início na tarde de segunda-feira (21) no Cine oriente às aulas da Oficina de Cenografia para Teatro. O evento é realizado em parceria do município com o Governo Estadual.


A aula inaugural contou com a presença do gerente do FIC – Fundo de Investimentos Culturais de MS – Edilson Aspet; a gerente de Patrimônio Histórico e Cultural da Fundação de Cultura de MS, professora Neusa Arachiro, os vereadores Djalma Marques (Gil do Taxi) e Leandro Peres de Matos (Léo Matos) e da Gerente do Núcleo da Fundação Cultural Joana da Silva.


Segundo Joana, a Oficina de Cenografia será realizada até domingo (27) com turmas pela manhã, à tarde e a noite no espaço Arco Iris na Avenida Ponta Porã. “A Oficina tem por objetivo oferecer noções de criação em cenografia valorizando a textura como elemento primordial para se obter um bom resultado”, explica Joana.


Segundo ela, a proposta é oferecer diferentes possibilidades de textura a partir de materiais alternativos e recicláveis do município. “A oficina está sendo desenvolvida com um material base – o alumínio. Será construída uma grande colcha de fundos de lata de alumínio onde serão desenvolvidas diferentes texturas conseguidas a partir de materiais de baixo custo”, acrescenta.


A Oficina está sendo ministrada pelo cenógrafo e arquiteto Cleison Nantes Sandim, que desenvolve trabalhos com teatro desde 2002. O projeto foi aprovado no FIC-MS e pretende chegar a 6 cidades de Matogrosso do sul atendendo a um público de 210 pessoas.


Para o gerente do FIC Edilson Aspet, a escolha de Naviraí para ser uma das cidades a serem contempladas com a Oficina, se deve pela grande capacidade que o município possuiu para a realização de eventos com relação a Cultura. ‘Naviraí hoje é um pólo regional, além disso já conta com uma estrutura pronta e vem realizando um belo trabalho com o teatro, não podendo ficar de fora deste projeto”, comenta Edilson Aspet.


Fonte: Assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados