Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 15 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 11/09/2009
Carreta roubada é recuperada pela PM de Mundo Novo
Compartilhar Notícia

Policiais Militares lotados no Terceiro Pelotão de Mundo Novo recuperaram na noite de quinta-feira (10), uma carreta que havia sido roubada na cidade paranaense de Iporã. A guarnição PM efetuava patrulhamento de rotina nas proximidades do antigo Incra, quando avistaram, estacionado na Travessa Varginha, o veiculo Volvo, de cor branca, Placas CXH 2825, de Assis Chateubriand-PR, atrelado ao reboque placas AQU 8681 de Jesuítas - PR.


Quando a viatura policial militar se aproximou da carreta, dois homens que estavam em seu interior empreenderam fuga rumo a um matagal existente próximo dali. Os Policiais efetuaram busca na região, mas não conseguiram localizar os bandidos devido à escuridão.


Após vistoria no interior da Carreta, foram localizados os documentos da mesma, que foi encaminhada a sede da Polícia Militar. Lá, após alguns contatos telefônicos, descobriu-se que o veículo havia sido roubado no Paraná.


Na manhã de sexta-feira, o motorista do utilitário esteve em Mundo Novo para agradecer o eficiente trabalho prestado pela Polícia Militar e reaver o seu veículo.
Sentindo-se agora mais tranqüilo, ele narrou os momentos de terror que viveu, quando foi abordado pelos marginais em plena rodovia.


Ele disse que dirigia pela Rodovia de acesso a Umuarama-PR, quando um automóvel não identificado passou a sua frente e bruscamente diminuiu a velocidade, sendo que ele também foi obrigado reduzir a sua, pois não havia como fazer a ultrapassagem, devido ao movimento na estrada. De repente apareceu um homem armado na porta do carona e determinou que ele estacionasse a carreta.


Ele então foi amarrado e deixado no interior de uma mata, sendo cuidado por um dos bandidos, enquanto outros seguiam com a carreta rumo ao Paraguai.


Ele foi solto por volta das 23h00min no horário paranaense, quando o bandido acreditando que seus comparsas já tinham obtido êxito no crime, o deixou ir.


O motorista disse que durante todo o tempo que permaneceu refém, foi ameaçado de morte e o marginal teria comentado que a carreta avaliada em R$ 230 mil no Brasil, sendo R$ 150 mil do cavalo e R$ 80 mil do reboque, estava previamente encomendada e seria vendida a um receptador paraguaio por R$ 30 mil.


Policiais acreditam que os bandidos decidiram levar o veiculo até Mundo Novo para aguardar o melhor momento de adentrar o País vizinho, distante cerca de cerca de 10 quilômetros.


Fonte: Assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados