Página Inicial | DOMINGO, 18 DE AGOSTO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 11/09/2009
Renault processa família Piquet e fala em "chantagem"
Compartilhar Notícia

A Renault e seu diretor esportivo Flávio Briatore abriram nesta sexta-feira (11) processo contra o piloto Nelsinho Piquet e seu pai Nelson Piquet por conta da acusação de "marmelada" no GP de Cingapura de Fórmula 1. O motivo alegado na denúncia é de "chantagem com agravante"


Na última quinta (10), o site F1SA divulgou uma carta de Nelsinho à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) na qual o brasileiro diz que, por sugestão de Briatore e do engenheiro Pat Symonds, bateu o carro durante aquela prova para beneficiar o espanhol Fernando Alonso.


Em nota oficial divulgada nesta sexta, a escuderia diz que só apresentará argumentos de defesa durante o Conselho Mundial da FIA no dia 21 de setembro. Porém, adiantou que abriu processo contra o ex-piloto da equipe e seu pai, que teria influenciado Nelsinho na decisão de denunciar.


"A ING Renault F1 Team e seu diretor esportivo Flavio Briatore querem anunciar que iniciaram procedimentos criminais contra Nelson Piquet Junior e Nelson Piquet na França", diz o comunicado.


O texto ainda acusa os brasileiros de "falsas acusações e de uma tentativa de chantagem para que Nelson Piquet Jr pilotasse pela Renault durante o resto da temporada de 2009". O brasileiro foi demitido depois do GP da Hungria, oficialmente por falta de resultados.


Fonte: Reuters







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados