Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 15 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 08/09/2009
Piloto morre em queda de monomotor
Compartilhar Notícia
Uma das asas se soltou fazendo com que o monomotor caísse de bico (Foto: Reginaldo Coelho)


Uma manobra arriscada teria provocado a queda do monomotor experimental de prefixo PUTG por volta das 17h40min de ontem (7), próximo do Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande. O piloto, Rômulo Donizete da Silva, 48 anos, morreu na hora.


O piloto e amigo da vítima, Marcelo Ribeiro de Britto, disse que o tipo de curva no ar que o piloto fez com o monomotor pode ter provocado a queda. “Com esse tipo de avião não é possível fazer a manobra que ele fez”, afirmou que Rômulo tinha vários anos de experência.


Testemunhas disseram aos bombeiros que uma asa se soltou fazendo com que o monomotor caísse de bico em um pasto. Com o impacto, o piloto morreu na hora.


O primeiro a chegar ao local da queda foi Celso Ricardo que jogava bola próximo de onde aconteceu o acidente. Ele disse que escutou um barulho forte e foi em direção. “ Quando cheguei o avião já estava pegando fogo. Consegui tirar o corpo do piloto de dentro, mas ele já estava morto. Apaguei o fogo com os extintores do meu carro”, relatou.


Um outro piloto que não quis se identificar afirmou que Rômulo era um piloto experiente e que o avião foi mal construído. “ Essa aeronave foi construída no aeroporto sem a devida preocupação”, afirmou.


Rômulo, piloto de avião agrícola, estava fazendo um voo experimental com aeronave de um amigo. O monomotor tinha seis meses de uso.


Fonte: Midiamax News







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados