Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 15 DE FEVEREIRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 04/09/2009
Maiorias das pessoas é dependente do celular
Compartilhar Notícia
Pesquisa revela que muita gente prefere perder a carteira (Foto: Divulgação)


Você sente que o celular é uma parte do seu corpo? Uma pesquisa mundial revelou que a maioria das pessoas não pode viver sem seus celulares, nunca sai de casa sem eles e, se for dada uma escolha, preferia perder a carteira. Chamando os celulares de "controle remoto da vida", a empresa de pesquisa Synovate diz que os aparelhos são tão onipresentes que, no ano passado, havia mais seres humanos com um celular do que sem.


Três quartos dos mais de oito mil entrevistados que votaram online em 11 países disseram levar seu telefone consigo para todos os lugares, sendo que os russos e cingapurianos são os mais viciados. Mais de um terço dos entrevistados disse que não poderia viver sem seu telefone, com Taiwan e (novamente) Cingapura no topo da lista, enquanto um em cada quatro teria mais dificuldade em substituir os celulares do que sua bolsa.


Cerca de dois terços vai para a cama com seus telefones por perto e se recusa a desligá-los, mesmo tendo vontade de fazê-lo, por medo de perder alguma coisa.


"Os celulares nos passam segurança e acesso imediato à informação. Eles são a nossa principal ferramenta de comunicação, muitas vezes superando até mesmo a comunicação cara-a-cara. Eles nos conectam com nossas vidas", disse Jenny Chang, diretor da Synovate, em Taiwan, em um comunicado.


Os telefones móveis também mudaram a natureza das relações. Segundo a pesquisa, metade das pessoas utilizam SMS para flertar, um quinto marca o primeiro encontro por mensagens de texto e um número similar usa o mesmo método para acabar com um caso de amor.


Além do óbvio uso de voz e do SMS, as três funções mais usadas nos celulares são o alarme, a câmera e os jogos. O uso de email e internet ainda é limitando. Apenas 17% afirmaram ter checado suas caixas de entrada ou surfado na web pelo celular, o grupo é liderado por americanos e britânicos. Um em cada 10 entrevistados acessa redes sociais como o Facebook regularmente via celular, mais uma vez com Grã-Bretanha e Estados Unidos a frente.


Nem todo mundo se dá bem com tecnologia, no entanto: 37% dos entrevistados disseram que não sabem como utilizar todas as funções em seu telefone. A pesquisa da Synovate foi realizada em junho de 2009 no Canadá, Dinamarca, França, Malásia, Holanda, Filipinas, Rússia, Cingapura, Taiwan, Reino Unido e Estados Unidos.


Fonte: Reuters







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados