Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2022
Postada por: Jr Lopes dia 11/10/2021
Com retomada da economia, aumenta procura das empresas por estagiários
Compartilhar Notícia

Com 70% da população de Mato Grosso do Sul vacinada, a economia dá sinais de retomada com a geração de empregos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, de janeiro a agosto de 2021, Mato Grosso do Sul acumula 34.253 novos empregos. 

 

O estágio também foi um dos setores afetados durante a pandemia do coronavírus e, agora, volta a ganhar mais espaço como estratégia de formação profissional, inserção no mercado de trabalho e recuperação das empresas em Campo Grande.

 

“Em nossa agência, registramos um aumento de 60% na procura das empresas por estagiários neste segundo semestre de 2021. A maioria contrata com o foco de efetivar. Através do estágio, os empresários encontram jovens talentosos que depois são contratados, até porque eles já estão adaptados ao ambiente de trabalho”, explica Aline Santos, diretora da Super Estágios em Campo Grande, agência que faz a seleção e recrutamento dos estagiários.

 

Formação de profissionais alinhados à empresa, menos burocracia, facilidade de adaptação dos estudantes no mercado de trabalho, flexibilidade de horário e possibilidade de estágio presencial ou remoto são algumas das vantagens da contratação de estagiários.

 

“É uma contratação simples, sem burocracia e com menor custo, e as empresas têm a oportunidade de ter estudantes que estão alinhados com suas profissões, que tem vontade de trabalhar, é uma força dentro da empresa pela proatividade, por ser a primeira experiência, e os empresários conseguem moldar esse estudante, que geralmente está aberto para receber orientações dentro da cultura da empresa, é alguém que não tem vícios profissionais”, explica Aline Santos.

 

Instituições privadas, públicas e profissionais liberais, como os microempreendedores individuais, podem contratar estagiários. Para contratação de estagiário do ensino médio, é preciso ter, no mínimo, um funcionário. Para nível superior, não há regra específica.

 

No quadro funcional do escritório Agispec de Contabilidade e Consultoria, pelo menos, cinco profissionais iniciaram como estagiários e depois foram contratados. Hoje o escritório conta com dois estagiários e está em processo de contratação de mais um estagiário.

 

Para o gerente comercial da empresa, Anderson Echeveria, o estágio é uma ferramenta estratégica para a formação de futuros funcionários. 

 

“Indicamos a contratação de estagiários para as empresas em nossas consultorias, mas é preciso ter responsabilidade porque é alguém que está em formação e não podemos exigir habilidades de quem já está no mercado de trabalho. Então, é uma iniciativa para as empresas que estão dispostas a ensinar, a formar o profissional de acordo com sua filosofia de trabalho”, ressalta Anderson Echeveria.

 

O estágio foi uma transformação na vida da acadêmica do curso de Ciências Contábeis, Milena Martins, que mesmo com a pandemia, conseguiu uma vaga na Agispec. Em apenas um mês de atuação, a jovem identificou o desenvolvimento de novas habilidades. “Tem sido uma experiência incrível pelo conhecimento, pelo crescimento pessoal e profissional e pela oportunidade que eu tive e abracei. Já aprendi muito com o trabalho em equipe e a responsabilidade”, destaca a estudante.


Fonte: Assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados