Página Inicial | SÁBADO, 31 DE OUTUBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 08/10/2020
Vasco demite Ramon Menezes e revolta parte do elenco
Compartilhar Notícia
Ramon Menezes deixa o Vasco após pouco mais de seis meses (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)


Ramon Menezes não é mais o técnico do Vasco. O clube optou nesta quinta-feira (08/10) pela demissão do treinador após a derrota por 3 a 0 para o Bahia, na quarta-feira, em Salvador, pela 14ª rodada do Brasileirão.

 

O Vasco anunciou a informação por meio de um curto comunicado em seu site oficial:

 

"O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que Ramon Menezes não é mais o treinador da equipe profissional. O Clube agradece os serviços prestados pelo profissional e, em breve, anunciará o seu substituto".

 

O ge apurou que a decisão pegou os jogadores de surpresa e causou revolta em parte do elenco vascaíno. Além de Ramon, comunicado do caso em uma reunião em São Januário, deixa o clube o auxiliar técnico Thiago Kosloski.

 

A busca pelo novo técnico está em andamento. No começo desta tarde, o diretor executivo André Mazzuco e o presidente Alexandre Campello se reuniram para tratar do tema. Não está definido, por exemplo, quem comandará o time diante do Flamengo, sábado, pelo Brasileirão. Caso ninguém seja contratado até a data da partida, a tendência é de que Júnior Lopes, auxiliar permanente do clube e filho de Antonio Lopes, o coordenador técnico, lidere o time.

 

Treino regenerativo em hotel

Pela programação do clube, definida antes da saída de Ramon, a tarde é de treino regenerativo em um hotel na Barra da Tijuca - o clube o usa por vezes para algumas atividades, afinal, o da concentração de véspera dos jogos fica na Zona Sul.

 

Sob o comando de Ramon, o Vasco vivia um momento delicado na temporada. No Brasileirão, competição em que a equipe chegou a ser líder nas primeiras rodadas, já são quatro partidas sem vitória - seis contando as duas da Copa do Brasil. No momento, o time está em décimo lugar, com 18 pontos.

 

Outro resultado determinante para o mau momento foi a eliminação na Copa do Brasil ainda na quarta fase diante do Botafogo. O Vasco perdeu o clássico pro 1 a 0 no jogo de ida e empatou sem gols na volta, em São Januário.

 

Anunciado como substituto de Abel Braga no dia 30 de março deste ano, Ramon Menezes deixa o Vasco depois de pouco mais de seis meses no comando e 16 partidas disputadas (2 pelo Carioca, 2 pela Copa do Brasil e 12 pelo Brasileirão). Ao todo, foram oito vitórias, três empates e cinco derrotas.

 

Auxiliar agradece oportunidade

Em seu perfil em uma rede social, o auxiliar Thiago Kosloski agradeceu a oportunidade e lamentou ter tido o trabalho interrompido. Destacou que o aproveitamento era de 52%.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados