Página Inicial | DOMINGO, 25 DE OUTUBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 04/10/2020
Senador Nelsinho Trad conduz a diligência da Comissão do Pantanal em MS
Compartilhar Notícia
Foto: Chico Ribeiro


O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), relator da Comissão Temporária de Controle das Queimadas no Pantanal do Senado Federal, conduziu a diligência externa de trabalhos dos parlamentares na região pantaneira de Mato Grosso do Sul. O evento ocorreu, após a vistoria pelas áreas destruídas pelos focos de calor na região pantaneira sul-mato-grossense, no Centro de Convenções em Corumbá. "Fizemos um sobrevoo de 30 minutos, foi possível enxergar os incêndios e o baixo nível do Rio Paraguai, característica deste bioma", disse o senador Nelsinho Trad.

 

Diante do cenário devastador de 3,4 milhões de hectares destruídos (23% da área total), o presidente da comissão, senador Wellington Fagundes (PL/MT), o relator senador Nelsinho Trad e os membros titulares senadoras Simone Tebet e Soraya Tronicke se comprometeram em estudar mecanismos, como o Estatuto do Pantanal, pela preservação do maior patrimônio da humanidade, com apoio de instituições e sociedade em geral.

 

Essa é a segunda vistoria no Pantanal, a primeira foi no mês passado em MT. "Precisamos promover ações para premiar aqueles que fazem a lição de casa, não desmatam e precisam de investimentos. Foi importante a gente testemunhar essa situação com a presença do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles e o secretário de Assuntos Estratégicos do Governo Federal, Almirante Rocha. Tivemos uma missão coroada de êxito", destacou o senador Nelsinho Trad.

 

Em seu discurso, o ministro Ricardo Salles enfatizou que o governo federal fará investimentos pela recuperação das áreas degradadas e, também, com medidas preventivas. Até o momento, a União já disponibilizou R$ 3,8 milhões. "A pobreza é o maior inimigo do Meio Ambiente. Quem está aqui não é o Ricardo Salles e sim o governo federal que vai colocar brigada permanente no Pantanal", enfatizou o ministro.

 

Atualmente, segundo o diretor do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), coronel Luiz Carlos Marchetti, 90 homens brigadistas de MS e 45 cedidos do Nordeste estão trabalhando no combate aos incêndios no Pantanal. Os trabalhos contam também com atuação de dezenas de bombeiros, sendo 31 cedidos do Paraná. "Essa é a maior queimada de toda história de Mato Grosso do Sul", afirmou o governador Reinaldo Azambuja (Psdb).

 

A audiência foi registrada pelas assessorias do Governo de MS e pela Comissão Temporária do Pantanal. As imagens, segundo o senador Nelsinho Trad, foram cedidas à TV Senado que vai torná-las públicas, para que todos possam se inteirar do assunto. “Na próxima quarta, vamos continuar com reunião remota e haverá a participação do setor do turismo e representantes do Instituto Homem Pantaneiro”, informou o senador Nelsinho Trad. Compõem também a comissão os membros suplentes: senadores Carlos Favaro, Esperidião Amim, Jayme Campos e Fabiano Contarato.


Fonte: Neiba Ota/ assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados