Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 22 DE SETEMBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 04/08/2020
Após eliminação, São Paulo pode ter trocas para o Brasileirão
Compartilhar Notícia
Arboleda e Bruno Alves em jogo do São Paulo (Foto: Vinícius Costa/BP Filmes)


Os dez dias de preparação do São Paulo para o início do Campeonato Brasileiro podem dar espaço para os jogadores reservas brigarem por uma posição no time titular na sequência da temporada. O próximo compromisso do Tricolor é no dia 9, diante do Goiás, na estreia pela competição nacional.

 

Os treinos de Fernando Diniz serão todos fechados para a imprensa, seguindo recomendações de saúde por conta do novo coronavírus. Por isso, as mudanças no time dificilmente serão divulgadas pelo treinador.

 

Nos três jogos após a paralisação do futebol, no entanto, diversos reservas tiveram oportunidades e mostraram que podem brigar por uma vaga na equipe principal.

 

Goleiros

Tiago Volpi é um dos jogadores quase intocáveis no atual time. Embora tenha falhado nos últimos jogos, a sua vaga não é ameaçada. Lucas Perri, reserva, deve ter chances apenas se o companheiro tiver de cumprir suspensão ou por conta de uma lesão.

 

Zaga

Bruno Alves e Arboleda vinham em alta no começo do ano, antes da pandemia. Juntos, o São Paulo tinha uma das melhores defesas do Campeonato Paulista, e o setor não tinha contestações. No retorno do Paulistão, porém, os dois não mostraram a sintonia de antes e, juntos, viram o São Paulo levar seis gols em dois jogos.

 

Uma mudança na zaga é pouco provável neste reinício de Brasileirão, mas Diego, revelado nas categorias de base, tem sido elogiado pelos treinos e se destacou na vitória sobre o Guarani, por 3 a 1, na última rodada da fase de grupos do Paulistão.

 

Laterais

A lateral direita é a única que pode sofrer alguma alteração. Juanfran caiu de produção e vê Igor Vinicius pedindo passagem. O garoto geralmente entra bem nas partidas quando é acionado e já vê pedidos de torcedores pela sua condição de titular.

 

Na lateral esquerda, porém, uma mudança não é cogitada. O titular Reinaldo é um dos líderes do elenco e um dos jogadores com mais tempo de São Paulo. O seu único substituto é Léo, que ainda não convenceu a ponto de brigar por posição na equipe principal.

 

Meio-campo

A dupla de volantes, composta por Tchê Tchê e Daniel Alves, funcionou muito bem durante a temporada. Por isso, o setor não deve sofrer alterações, mas Diniz planeja ajustes táticos após a atuação da dupla na eliminação nas quartas de final do Paulistão, para o Mirassol.

 

Já na função de armador, Igor Gomes tem concorrência forte. Embora seja um jogador versátil e de inteligência, o garoto não voltou bem após a paralisação e vê Hernanes na briga pela posição.

 

Igor Gomes deve iniciar o Brasileirão entre os titulares, mas ciente de que mais jogos abaixo da média podem custar sua condição atual.

 

Ataque

O trio de ataque com Pablo, Vitor Bueno e Alexandre Pato tem bons números na temporada, com mais da metade dos gols saindo dos pés de um dos três atletas. No entanto, os atacantes reservas voltaram da parada em busca de uma vaga.

 

Everton, Helinho e Paulinho Boia entraram na briga por um lugar no setor ofensivo. Os três se destacaram na oportunidade que tiveram contra o Guarani e agradaram ao técnico Fernando Diniz.

 

Não há uma sinalização de que o trio de ataque voltará diferente para o Brasileirão. O treinador sabe, porém, que tem peças de reposição caso uma mudança se faça necessária.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados