Página Inicial | QUINTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 03/08/2020
Sesi auxilia trabalhadores durante a pandemia
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


O aumento do número de casos de Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, pode causar outro tipo de pandemia: a de medo. O Sesi elaborou uma série de ações e consultorias gratuitas para auxiliar as indústrias de Mato Grosso do Sul a conter a disseminação do vírus, mas também está preocupado com a saúde mental dos trabalhadores.

 

Neste sentido, disponibiliza o Suporte Emocional, canal de atendimento online e gratuito voltado para ajudar o trabalhador da indústria a manter a mente sã durante o período da pandemia. “Sabemos que, neste momento, todos estamos com as emoções a flor da pele e angústias e incertezas tomam conta das nossas mentes. Por isso, muitas vezes, temos a sensação de estarmos completamente sozinhos”, ponderou o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do Sesi, Michel Klaime.

 

Michel Klaime completa que, por meio do Suporte Emocional, o Sesi busca ajudar o trabalhador a atravessar este momento tão difícil, da melhor forma possível, com este acolhimento emocional para todos os trabalhadores da indústria. O analista de gestão em SST do Sesi, Ewerton de Oliveira Souza, que coordena o projeto, explica que o atendimento é feito por profissionais altamente capacitados.

 

“As empresas não precisam fazer nenhum tipo de contrato ou adesão, além disso, os trabalhadores não precisam de autorização delas para receberem acolhimento, já que as conversas são totalmente sigilosas”, reforçou Ewerton Souza, informando que a Central de Relacionamentos do Sesi SST pode ser acessada pelo e-mail sst@sesims.com.br ou pelo Whatsapp (67) 3320-3425.

 

O analista de gestão em SST do Sesi explica que, por esses canais, os interessados devem informar o horário que gostaria de ser atendido e deixar o número de telefone para a equipe entrar em contato. O atendimento está disponível de segunda a sexta-feira, em horário comercial.


Fonte: Fiems/DICOM







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados