Página Inicial | QUINTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 30/07/2020
Banco do Brasil prorroga parcelas de agosto e setembro do FCO Empresarial em MS
Compartilhar Notícia

As parcelas de agosto e setembro do FCO Empresarial (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) foram prorrogadas pelo Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul. A medida atende pedido do CEIF-FCO (Conselho Estado de Investimentos Financiáveis pelo FCO) e irá beneficiar os pequenos negócios que contrataram a linha de crédito.

 

Segundo o Conselho, no próximo dia 1º de agosto iriam vencer as parcelas de seis mil contratos empresariais do FCO no Estado. Agora, as parcelas prorrogadas devem ser pagas no próximo ano e a medida vale para todos os empresários do setor empresarial. Os interessados devem procurar uma agência do Banco do Brasil e solicitar a prorrogação.

 

Conforme o presidente do CEIF, o titular da Semagro, Jaime Verruck, o Banco Central e o Ministério do Desenvolvimento Regional já haviam autorizado a prorrogação das parcelas até dezembro. “Essa suspensão ajuda bastante as empresas tanto no fluxo de caixa como no alongamento das parcelas e a ideia de se fazer a cada dois meses é justamente na expectativa de retomada de curto prazo da atividade econômica, mas o momento exige essa atenção”, disse.

 

O representante do Banco do Brasil no CEIF, Samir Ismail, afirma que o FCO Empresarial ainda tem uma fatia grande de recursos para os empresários sul-mato-grossenses. Na instituição financeira, existem R$ 187 milhões via FCO Convencional e mais R$ 204 mil da linha emergencial, lançada em junho em uma parceria com o Sebrae, Governo do Estado e o setor produtivo para fornecer subsídios para os negócios diante da pandemia de Covid-19.

 

Pode solicitar o recurso qualquer empreendimento formalizado que tenha atividade produtiva no estado. Ainda conforme o Banco do Brasil, até junho de 2020, as empresas sul-mato-grossenses já contratam R$ 219 milhões do FCO Empresarial, distribuídos em 733 operações.

 

Entenda

O FCO Empresarial é uma linha com vantagens para os empresários, como a baixa taxa de juros das operações, que varia de acordo com o porte de cada cliente. Outro benefício são os prazos e carências diferenciadas. A linha de financiamento abrange os setores de Desenvolvimento Industrial; Infraestrutura Econômica; Turismo Regional; Desenvolvimento dos Setores Comercial e de Serviços; e Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

“O FCO contribui para o desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso do Sul. É uma oportunidade para o setor empresarial, principalmente para os pequenos negócios, válida para incentivar o capital de giro para formação de estoque e pagar décimo terceiro dos funcionários, ou para quem está pensando em investir”, destacou o diretor de operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro.

 

Além do Banco do Brasil, outras instituições financeiras operam com o FCO em Mato Grosso do Sul: Sicredi e BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul). O Sebrae/MS também tem consultorias que auxiliam na decisão de tomada de crédito, por meio do programa Sebrae Orienta. Mais informações pelo telefone 0800 570 0800.


Fonte: Agência Sebrae de Notícias







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados