Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 01 DE ABRIL DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 16/03/2020
Federação paralisa Campeonato Paulista por tempo indeterminado
Compartilhar Notícia
Federação Paulista de Futebol decide paralisar o Paulistão (Foto: Emilio Botta)


A Federação Paulista de Futebol decidiu na manhã desta segunda-feira, em reunião com os clubes da primeira divisão estadual, paralisar a disputa do Campeonato Paulista por tempo indeterminado. A próxima rodada está temporariamente suspensa. O mesmo vale para a Série A2.

 

É uma medida para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Os quatro maiores clubes de São Paulo votaram pela paralisação. Inicialmente, dirigentes de outros clubes buscaram alternativas – como antecipar para o decorrer desta semana a realização das duas rodadas finais da primeira fase –, mas acabaram convencidos. Com isso, a decisão foi unânime.

 

Está mantido o Dérbi entre Guarani e Ponte Preta, marcado para as 20h desta segunda-feira, no Brinco de Ouro, mas sem torcida por determinação da Secretaria de Saúde de Campinas. O jogo encerra a décima rodada do estadual, iniciada na última sexta-feira.

 

Ao longo dia, a Federação ainda fará reunião com clubes da série A3. A tendência é de suspensão dos jogos também.

 

Em nota oficial, a entidade afirmou o seguinte:

"A Federação Paulista de Futebol vem a público informar o resultado da reunião entre os presidentes de clubes do Paulistão Sicredi 2020, com a presença do Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo, sobre a pandemia do novo Coronavírus.

 

Os clubes votaram e decidiram em consenso pela paralisação da competição. Dessa maneira, a FPF anuncia que, a partir desta terça-feira (18), as partidas do Paulistão Sicredi 2020 estão suspensas por prazo indeterminado."

 

 

Na saída do encontro, o presidente do Santos, José Carlos Peres, disse que a ideia é analisar a decisão a cada sete dias.

 

– Todos nós temos responsabilidades. Tomamos a decisão também para servir de exemplo para outras categorias pararem. (...) Vamos fazer uma avaliação a cada sete dias.

 

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, deu seu respaldo à decisão. O elenco foi liberado dos treinos.

 

– O Palmeiras, desde o primeiro momento, trabalhou muito para que chegasse a esse ponto de paralisação, e que através dessa atitude a gente possa preservar vidas. O mais importante é que a gente, a partir desse momento, tome atitude de prevenção. Essa é a mensagem dos clubes, do futebol brasileiro.

 

O Ministério da Saúde já havia orientado que eventos esportivos de grandes aglomerações só fossem realizados com portões fechados caso não houvesse tempo hábil para adiá-los ou cancelá-los. Assim, a última rodada foi mantida, com portões fechados em três jogos – além do Dérbi de Campinas, o clássico São Paulo x Santos e a partida entre Corinthians e Ituano, realizados na capital, onde há mais casos de contaminação. Os demais jogos tiveram presença de público.

 

Para a próxima rodada, estavam previstas oito partidas, entre elas o clássico Corinthians x Palmeiras em Itaquera. O Timão, preventivamente, já havia suspendido a venda de ingressos.

 

O Paulistão é paralisado com Santos, Santo André, São Paulo e Bragantino na liderança das chaves. O Palmeiras é o segundo colocado no Grupo B, e o Corinthians é o terceiro do Grupo D. Faltam duas rodadas para o término da fase de grupos.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados