Página Inicial | SÁBADO, 28 DE MARÇO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 12/03/2020
Em meio a epidemia de coronavírus, MS fará teste para doença
Compartilhar Notícia
Secretaria fez treinamento com profissionais da saúde para coleta de casos suspeitos (Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado)


O Laboratório Central de Mato Groso do Sul (Lacen/MS) deve começar, dentro de alguns dias, a fazer os testes para o novo coronavírus, o Covid-19. O Ministério da Saúde enviou nesta semana 10 kits para que o local faça os testes para a doença. O material possibilita a realização de 240 testes.

 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a bioquímica que realizará os exames no Lacen, Gislene Lichs, viajará na sexta-feira (13) para o Rio de Janeiro, para participar de uma capacitação de dois dias na Fundação Oswaldo Crus (Fiocruz) sobre os procedimentos técnicos utilizados nos testes do coronavírus.

 

Atualmente, os casos suspeitos no Estado, depois de passarem por teste de nove outros tipos de gripo e não terem confirmação para nenhum, tem a coleta encaminhada para São Paulo, onde a testagem para o Covid-19 é feita no Instituto Adolfo Lutz. 

 

O jornal Correio do Estado noticiou, na semana passada, que por conta disso, o resultado do exame do novo coronavírus estava demorando até 15 dias para sair. 

 

Na semana passada o Lacen já havia feito uma oficina com representantes da saúde no interior do Estado para demonstrar a forma correta de coletar o material de pacientes com suspeita do novo coronavírus e influenza. Ao todo, vieram funcionários da saúde de 25 minicípios.

 

O exame para o novo coronavírus é um teste de biologia molecular que identifica o material genético do vírus. Segundo a SES, a cada rodada, com cerca de 30 testes ao mesmo tempo, são utilizados um exemplar positivo e o outro negativo para controle. 

 

O laboratório utiliza amostras de secreções das vias respiratórias (das duas narinas e garganta). Esses materiais são coletados das pessoas com a suspeita da doença com o uso de swabs (um tipo hastes longas de plástico com algodões em suas pontas), ou aspirados por sonda. 

 

Até agora nenhum caso do Covid-19 foi registrado em Mato Grosso do Sul, entretanto, a secretaria de Saúde investiga sete casos, de acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado na quarta-feira (11).

 

Em todo o Brasil, o Ministério da Saúde confirmou 73 casos do novo coronavírus, a maioria está em São Paulo (46).

 

Nesta quinta-feira a SES soltou nota informando que não há mudanças nas ações e estratégias desenvolvidas, após a declaração de pandemia do novo coronavírus pela Organização Mundial as Saúde (OMS), na quarta-feira. 

 

“A SES/MS continua seguindo as ações previstas no Plano Estadual de Contingência contra o coronavírus, que prevê diversos cenários da doença. A Secretaria vai continuar o monitoramento dos casos suspeitos de Covid-19. Também tem divulgado diariamente o boletim epidemiológico”, diz trecho da nota.

 

A secretaria salientou que desde janeiro tem tomado medidas de prevenção e monitoramento da doença. “Foi criado o Centro de Operações de Emergência (COE/MS) com o objetivo de auxiliar na definição de diretrizes estaduais para vigilância, prevenção e controle, bem como o acompanhamento e avaliação das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado. Não foram detectados casos suspeitos no Estado”.

 

A região de fronteira, principalmente os municípios de Corumbá e Ponta Porã, são as principais preocupações da secretaria, por conta dos países vizinhos. “A SES também deu suporte técnico aos municípios na construção do fluxo de vigilância e atendimento de possíveis casos suspeitos na região de fronteira”, finalizou a nota.


Fonte: Correio do Estado







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados