Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 01 DE JUNHO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 04/02/2020
Pequenos negócios de MS geraram mais de 10 mil empregos em 2019
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


Os pequenos negócios de Mato Grosso do Sul registraram em 2019 um desempenho positivo na criação de empregos formais. O resultado foi superior ao registrado pelas Médias e Grandes Empresas, conforme aponta análise do Sebrae feita a partir do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgada em janeiro.

 

Em MS, entre demissões e contratações, as Micro e Pequenas Empresas encerraram 2019 com um saldo de 10,8 mil empregos formais, número 26% acima do registrado em 2018, quando foram criadas 8,6 mil oportunidades. No ano passado, o desempenho do Estado foi superior à média nacional, de 22%, com a geração de 731 mil postos de trabalho.

 

Já no caso das Médias e Grandes Empresas, entre demissões e contratações, o levantamento mostra que 2019 teve a criação de 1,7 mil vagas. Em 2018, o saldo foi negativo, com o fechamento de 11,5 mil postos formais.

 

Para o diretor de Operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, o estudo comprova a importância estratégica dos pequenos negócios para a economia. “Isso mostra que os pequenos negócios vêm crescentemente contribuindo para a geração de empregos no Estado e fortalecendo a economia local. Emprego significa renda, renda significa consumo, o que estimula a atividade econômica do Estado”.

 

Ao longo de 2019, os setores econômicos que foram destaque de contratação pelos pequenos negócios em MS foram Serviços (5.129 vagas); Comércio (3.241); Indústria da Transformação (863) e Agropecuária (734).

 

Mato Grosso do Sul acompanha resultados verificados a nível nacional. Segundo o estudo, o saldo de empregos formais de 2019 no Brasil foi o melhor para as Micro e Pequenas Empresas nos últimos cinco anos.


Fonte: Agência Sebrae de Notícias







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados