Página Inicial | QUINTA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 20/01/2020
MS reforça segurança após fuga de 76 presos no Paraguai
Compartilhar Notícia
Foto: Edemir Rodrigues


A fuga de 76 presos do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Pedro Juan Caballero no domingo (19/01) mobilizou as equipes de segurança pública de Mato Grosso do Sul. Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, policiais militares e civis foram deslocados para a fronteira. A informação é do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

 

“Ontem, nós tivemos esse episódio no Paraguai e aí a importância da pronta resposta. Então, logo ainda na madrugada fomos comunicados pelos órgãos de inteligência do Paraguai e imediatamente o governador determinou que reforçássemos com as equipes do DOF, da Policia Rodoviária Estadual, com as equipes táticas dos batalhões do entorno de Ponta Porã. Clareou o dia nós descemos lá com helicóptero para dar o apoio terrestre e também daqui enviamos equipes do Garras, do Bope, do Choque e da Derf. Equipes que estavam nos plantões desceram para a fronteira”, afirmou o secretário. O principal objetivo do reforço policial é evitar a entrada dos criminosos em território brasileiro.

 

Fronteira fechada

O policiamento conta com barreiras de fiscalização e até uso de helicópteros, mas ainda é possível viajar e voltar do Paraguai. “O termo ‘fechar a fronteira’ deve ser interpretado da seguinte maneira: intensificou o policiamento, a fiscalização na fronteira”, explicou o secretário.

 

Ele afirmou ainda ter uma sintonia grande com a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), do Paraguai, e que desde o último trimestre de 2019 Mato Grosso do Sul já tinha informação da necessidade e estava monitorando com muita atenção a fronteira com o Paraguai.

 

Mais seguro

Mesmo fazendo fronteira com dois países, Mato Grosso do Sul tem conseguido melhorar os índices de segurança. Na semana passada, o Governo do Estado prestou conta dos resultados do combate à criminalidade. Os 12 tipos de crimes tiveram redução no último ano em Mato Grosso do Sul.

 

Na ocasião, o secretário avaliou que os números são resultado dos trabalhos de prevenção e repressão, da resolubilidade dos crimes e de investimentos estaduais. Desde 2015, foram investidos mais de R$ 130 milhões na segurança pública, inclusive com a entrega de 642 viaturas e 755 armamentos, além de munições, equipamentos de proteção e investimentos em concursos, formação e promoções.


Fonte: Sejusp







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados