Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 28 DE FEVEREIRO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 18/12/2019
Goleiro Jean, do São Paulo, é preso nos EUA, acusado de agredir a esposa
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


O goleiro Jean, do São Paulo, está preso nos Estados Unidos. O atleta foi detido acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica. Sua ficha já aparece no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Florida.

 

Consta na ficha de Jean que ele foi preso no começo da manhã desta quarta-feira (18/12) e pré-sentenciado por violência doméstica. O São Paulo estuda seriamente rescindir o contrato do jogador.

 

As acusações de violência vieram a público na madrugada desta quarta-feira, quando a esposa do jogador postou uma série de vídeos, com o rosto machucado, acusando Jean de agressão. O casal estava de férias em Orlando e havia visitado a Disney, com as filhas, nos dias anteriores.

 

– Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro – diz ela em um dos vídeos.

 

 

Os vídeos postados por Milena acabaram salvos por pessoas que os assistiram e circulam por redes sociais, apesar de apagados por ela. Em outro vídeo, a esposa de Jean pede justiça, e é possível escutar uma voz masculina ao fundo, sugerindo que ela se preocupe com o futuro das filhas.

 

– Jean, goleiro do São Paulo. Olha o que ele fez comigo. Eu quero justiça – diz Milena.

 

A esposa do goleiro também publicou uma imagem de um diálogo com o goleiro. Nele, o jogador diz que Milena terminou com sua carreira e afirma que as filhas vão "passar fome".

 

Mais tarde, Milena voltou a se pronunciar, tentando tranquilizar as pessoas que lhe mandaram mensagens. Diz ela:

 

– Meus amores, como tem muita gente preocupada comigo, e eu tô sem celular, eu tô em outro lugar... Já passou. Eu tô com as meninas, e tá tudo bem. Depois eu vou me pronunciar. Tem muita gente falando comigo, e não tem como responder. Não tenho WhatsApp, tô incomunicável, mas tá tudo bem.

 

São Paulo estuda rescisão

O empresário de Jean, Paulo Pitombeira, está em contato com a diretoria do São Paulo para decidir os próximos passos. A ideia inicial do clube é rescindir o contrato, válido até dezembro de 2022. Ele foi contrato no final de 2017. O Tricolor, antes de a prisão ser noticiada pelo GloboEsporte.com, soltou a seguinte nota oficial:

 

"O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis.


Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles."

 

Ao GloboEsporte.com, o Itamaraty informou que tem notícias do episódio apenas pela imprensa e que não foi acionado por familiares de Jean ou Milena.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados