Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 17/04/2019
Quadrilha usava avião para traficar cocaína de MS para SP
Compartilhar Notícia
Aeronave ficou danificada após pousar e espalhar parte das drogas na pista (Foto: Divulgação)


Cinco homens foram presos por associação ao tráfico de drogas nesta terça-feira (16/04) em Atibaia (SP). A polícia chegou até eles depois de um acidente na aterrissagem de um avião de pequeno porte. A polícia aponta que a quadrilha usava a aeronave para transportar droga da fronteira de Mato Grosso do Sul com Paraguai e Bolívia para a região.

 

De acordo com a Polícia Civil, que investigava os suspeitos há três meses, nesta terça-feira foi obtida a informação de que um avião carregado com drogas pousaria em um condomínio de chácaras, no bairro Ponte Alta, entre Atibaia e Bragança Paulista.

 

Por volta de 12h30, um morador do condomínio acionou a polícia informando que uma aeronave bateu em um barranco durante o pouso e que, depois, teria visto homens colocando caixas dentro de um caminhão.

 

Os policiais foram até o condomínio e dentro de um hangar encontraram o avião com a fuselagem da asa amassada, além de uma outra aeronave. Segundo a polícia, ambas decolaram de Ponta Porã e pousaram na pista do condomínio.

 

Suspeitos, os pilotos foram questionados e informaram que a carga foi levada para um condomínio próximo de onde os aviões estavam. No local foram achados dois caminhões com fundo falso e uma caminhonete.

 

Os cães do canil da PM fizeram buscas e encontraram um tijolo de um quilo de maconha escondido dentro de um tambor com milho e R$ 43 mil.

 

Os pilotos e os três homens que estavam na chácara, no segundo endereço vasculhado, foram presos por associação ao tráfico. Os aviões, dois caminhões e a caminhonete foram apreendidas.

 

A polícia recebeu a informação de que as caixas, que poderiam estar com drogas, foram colocadas em uma caminhonete branca, e que o condutor fugiu.

 

O caso segue em investigação. Agora, a polícia procura o dono da casa no condomínio onde os aviões pousaram e tenta descobrir quem são os donos das aeronaves.


Fonte: Correio do Estado







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados