Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 20 DE MAIO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 05/04/2019
Deputado questiona demora no término de obra de duplicação da BR 163
Compartilhar Notícia
Marçal Filho pediu apoio da bancada federal para pedir providências (Foto: Luciana Nassar/ALMS)


O término da duplicação da BR 163 foi cobrado pelo deputado Marçal Filho (PSDB) em discurso na tribuna durante a sessão plenária de quarta-feira (03/04). A obra é de responsabilidade da CCR MSVias, que ganhou concessão em 2014 para investir nos 843 quilômetros que cortam o Estado de Norte a Sul, entre Sonora e Mundo Novo.

 

“O imbróglio sobre essa obra está nos preocupando. A empresa está pedindo para que o contrato seja revisto, mas divulga balanço com lucro significativo? Diz que não pode continuar com os valores acordados, mas os pedágios continuam lá auferindo lucros altos. Quem paga essa conta? Somos nós. O Governo Estadual alegou que falou com o Ministério dos Transportes sobre a situação, mas foi anunciado que nada pode ser feito. Ficamos refém da empresa privada”, lamentou o deputado.

 

Conforme o site oficial da CCR MSVias, nove praças de pedágio estão em funcionamento ao longo da travessia. “Enquanto deputados estaduais não podemos deixar esse assunto morrer e assim eu aciono a bancada federal por Mato Grosso do Sul para cobrar providências e ajudar nessa luta. Coloquem em destaque, pois somos os porta-vozes da população e precisamos de uma solução, seja uma relicitação ou uma revisão contratual”, pediu o deputado.

 

O parlamentar ainda falou sobre uma moção de repúdio que apresentou à Agência Nacional de Energia Elétrica questionando o aumento de 13% nas contas de energia, visto que em Mato Grosso do Sul já ocorreram cobranças supostamente abusivas nos meses anteriores, onerando ainda mais a população.


Fonte: Agência ALMS







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados