Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 15 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 14/02/2019
Escolinha de Futebol da Prefeitura de Itaquiraí reinicia os treinos de garotos de 8 a 15 anos
Compartilhar Notícia
Professor Pedrão orienta garoto da categoria sub 10 em preparo físico e coordenação motora em treino da Escolinha Municipal de Futebol de Campo de Itaquiraí (Foto: Roney Minella)


Sob o comando do professor Pedro Pires, o popular Pedrão, a Prefeitura de Itaquiraí reiniciou as atividades da Escolinha de Futebol de Campo. Os treinos estão sendo realizados no campo do Estádio Municipal Carminatão, nas manhãs e tardes de terças e quintas-feiras.

 

“Já estamos treinando garotos de oito a quinze anos e, a cada treino, aumenta mais o número de crianças que querem jogar futebol e, por isso, nos procuram para ingressar na escolinha e integrar as categorias de sub 8 até a sub 15”, confirma o professor Pedrão.

 

Os atendimentos da Escolinha de Futebol Este é um dos trabalhos de grande importância social e desportiva que o Município de Itaquiraí oferece através do Departamento de Esportes e Lazer, órgão ligado à Secretaria Municipal de Educação. Esta ação esportiva destinada às crianças e jovens, preenche de uma maneira educativa e recreativa, um possível vazio no processo educacional. Portanto, além de objetivos educacionais, culturais e físicos, o ensinamento da prática do futebol, desde a iniciação até a idade adulta, é um autêntico processo formativo.

 

“Seguimos inicialmente, uma proposta pedagógica que atende de maneira efetiva as mais diversas faixas etárias, respeitando o aluno como um ser, pois, ele tem sonho de ser jogador profissional de futebol. Por isso, começamos as aulas conversando, depois fazendo o alongamento, educação física e, somente após estes condicionamentos é que passamos para a aula prática. No campo, orientamos sobre os fundamentos do futebol e os posicionamentos do atleta, para que o aluno, a cada dia melhore o seu desempenho”, explica Pedrão.

 

O professor da Escolinha conclui dizendo que a meta é combater a ociosidade e dar oportunidade às crianças de treinarem no contra turno escolar. “Durante os treinos, vamos identificando aqueles que têm melhor aptidão para o futebol. Aos que se destacam, buscamos garantir apoio para o encaminhamento visando à profissionalização. Orientando e ensinando a prática do futebol, sobretudo, respeitando a individualidade biológica de cada criança, é que utilizamos este esporte como socialização e educação. Enfim, estamos auxiliando a formação de futuros cidadãos, porque aqui, fazemos um trabalho coletivo, mas, respeitando e valorizando a individualidade”.


Fonte: Roney Minella/assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados