Página Inicial | DOMINGO, 08 DE DEZEMBRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 11/01/2019
Ações da Fecomércio-MS defendem interesses do empresário do comércio de bens e serviços do Estado
Compartilhar Notícia

Como representante das entidades sindicais e das categorias empresariais das atividades de comércio de bens, serviços e turismo, com abrangência em todo o Estado, a Fecomércio-MS realizou diversas ações, no ano de 2018, em defesa dos interesses do empresário do comércio de bens e serviços do Estado. Foram intensos trabalhos de pesquisas, exposições, argumentações e intervenções que resultaram na legitimidade e consolidação da representação no Estado.

 

Entre as principais ações estão a formulação e apresentação da Carta de Compromisso aos candidatos ao governo do Estado, com reivindicações para o segmento do comércio e serviços; a presença na implantação do programa ECOS - Programa de Sustentabilidade CNC – Sesc – Senac – nas instituições do Sistema Comércio de MS, que aborda temas dos aspectos comuns às quatro entidades – CNC, Federações, Sesc e Senac – com vistas à integração e ao alinhamento institucional em torno do assunto; além de participação e articulação no Grupo de Trabalho de Turismo de Fronteira, criado pelo Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da CNC e que tem o objetivo de promover o turismo como fator de integração e desenvolvimento no espaço de fronteira.

 

"Realizamos ainda diversas ações junto aos nossos representados, como capacitações do Sistema de Gestão Sindical, acompanhamentos de ações importantes, como o Novo Código Comercial e as alterações da lei do FCO, além das pesquisas desenvolvidas pelo IPF, que auxiliam nas tomadas de decisões em datas comemorativas importantes para o comércio, sempre buscando defender o interesse do empresário do comércio de bens, serviços e turismo do Estado", afirma o presidente do Sistema, Edison Araújo.

 

Em 2018, o Sistema Comércio, por meio do Sesc e Senac, investiu mais de R$ 66 milhões no Estado, com recursos próprios e dos departamentos nacionais destas instituições. Entre os investimentos do Senac, destaque para a construção da unidade do Senac Turismo e Gastronomia, com recursos na casa dos R$ 18 milhões, sendo R$ 13 milhões somente para a construção do prédio, mais R$ 4,7 milhões em equipamentos. A unidade concentra a oferta dos cursos nas áreas de gastronomia, hotelaria, turismo e eventos. O empreendimento conta com 10 ambientes pedagógicos diferenciados e inovadores, além do restaurante-escola, com capacidade para atendimento de 80 pessoas. A obra foi inaugurada em maio deste ano. “São mais de 3mil jovens aprendizes que passam por nossas escolas todos os anos, isto é, mão de obra qualificada e de qualidade para atender no comércio”, destaca o presidente.

 

Do Sesc MS, a ampliação do Sesc Escola Horto, prevista para ser concluída em 2019 e que contará com salas de aula para o ensino médio e ampliação do pátio interno. O hotel Sesc Bonito também passou por reformas este ano, com investimento de mais de R$ 1,2 milhão. A cidade de Ponta Porã também recebeu uma unidade compartilhada entre Sesc e Senac. Com um espaço totalmente dedicado à cultura, a unidade do Sesc Cultura foi outro destaque este ano. Inaugurado em maio, o antigo prédio do Exército na avenida Afonso Pena recebeu investimentos de R$ 2,5 milhões.

 

O Sistema Comércio busca investir cada vez mais no desenvolvimento do Estado, atendendo às demandas do segmento do comércio de bens, serviços e turismo, com a qualificação profissional, melhorando a mão de obra, e também na parte social, com a qualidade de vida das pessoas, por meio da saúde e da cultura.


Fonte: Assessoria







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados