Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 13/12/2018
Polícia Rodoviária apreende 2,5 toneladas de maconha
Compartilhar Notícia
Dentro do veículo foram encontrados mais de 606 kg de maconha (Foto: Divulgação)


Em menos de 24 horas, equipes da Polícia Militar Rodoviária de Vista Alegre e Amambai apreenderam 2,5 toneladas de maconha e recuperaram dois veículosroubados em outros estados.

 

A primeira ocorrência de tráfico de drogas aconteceu na manhã de ontem (12/12), durante fiscalização em frente da Base Operacional Rodoviária de Vista Alegre, na rodovia MS 164.

 

A equipe parou um  Fiat/Strada com placas de Campo Grande, porém o motorista não respeitou a ordem e fugiu.

 

Os policiais então perseguiram o carro, mas não conseguiram realizar a abordagem, visto que o suspeito abandonou o volante e fugiu pela mata, não sendo localizado.

 

Dentro do veículo foram encontrados 606,4 kg de maconha, divididos em 656 tabletes, e 8,2 kg de skank, conhecida como super-maconha, divididos em 18 tabletes.

 

Descobriu-se ainda que o Strada tinha placas falsas. Era na verdade de Anápolis (GO), onde havia sido roubado. O veículo e os entorpecentes foram encaminhados e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju.

 

SEGUNDO CASO

Por volta das 0h20 desta quinta-feira (13/12), durante fiscalização e policiamento ostensivo preventivo na MS-156, a equipe da Base Operacional Rodoviária observou que no sentido contrário se deslocava um comboio de veículos em alta velocidade, aparentemente com placas de outro estado.

 

Os policiais então iniciaram a perseguição, sendo que o motorista do último veículo do comboio perdeu o controle, saiu da pista e fugiu. Ao vistoriar a caminhonete Toyota/Hilux, com placas de São Paulo (SP), foi constatado que em todo o compartimento de carga e no interior da cabine estava com vários tabletes de maconha. Além disso, possuía um rádio amador instalado.

 

Os policiais fizeram contato com a PM de Caarapó, solicitando a abordagem dos demais veículos do comboio. Logo em seguida foi realizada a tentativa de abordagem na rotatória de acesso à cidade, momento em que o veículo Celta, tambem com placas de São Paulo (SP), não obedeceu a ordem de parada e após alguns metros de acompanhamento, o motorista abandonou o veículo e fugiu pelo mato.

 

Em revista ao Celta nada de irregular foi encontrado. Depois de checar os sinais identificadores dos veículos, verificou-se que a Hilux apresentava suspeitas de adulteração e em checagem na base de consultas policiais, foi verificado que a referida caminhonete possui registro de roubo e suas placas verdadeiras são da cidade de Cotia (SP).

 

Após a pesagem da droga, totalizou 1,865 tonelada de maconha. Os veículos e o entorpecente foram apresentados na delegacia de Amambai.


Fonte: Correio do Estado







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados