Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 06/11/2018
Em atividade, professoras da Rede Estadual acertam tema de redação do Enem
Compartilhar Notícia
Foto: Marcus Vinícius – Secretaria de Estado de Educação (SED)


Com a proposta de antecipar possíveis contextos que possam surgir no decorrer das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os simulados tomaram conta da rotina dos estudantes da Rede Estadual de Ensino (REE) nos últimos meses que antecederam a data da avaliação. Entre as atividades aplicadas, muitas foram direcionadas para o tema da redação e, na EE Maria Constança Barros Machado, essa tentativa de “prever” o tema deu resultado.

 

O tema da redação do Enem, de domingo (04/11), “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet” fez com que a atenção dos estudantes ficasse voltada para questões como o uso de ferramentas digitais, redes sociais, e-mails e sites em geral. Assunto esse, que foi abordado – ainda na fase de preparação para a prova – por duas professoras da escola, com o tema: “O poder de manipulação das mídias”, com ênfase no meio digital.

 

Para a professora de Língua Portuguesa, Karina Campossano Rocha Rodrigues, o “acerto” foi fruto de uma série de atividades propostas regularmente na escola. “Aqui, temos os simulados feitos periodicamente e, por ser uma escola com Ensino em Tempo Integral, temos uma atividade que se chama nivelamento. Esta atividade é feita uma vez por semana e um dos assuntos que abordamos foi a vida no século 21. Durante a proposta, os estudantes começaram a falar do tempo que ficam na internet e resolvemos trabalhar essa questão”, comenta Karina, uma das responsáveis pela atividade em parceria com outra professora da unidade escolar, Caroline Araújo Figueiredo.

 

Parte de um grupo composto por 16 escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) em Mato Grosso do Sul, a EE Maria Constança Barros Machado, faz parte das unidades do programa Escola da Autoria, que prevê atividades como esta, descrita pela professora.

 

“A proposta consiste no nivelamento das habilidades em defasagem em Língua Portuguesa e Matemática. Nesses casos, a recomendação é de execução dessas atividades toda a semana, em duas aulas, visando a consolidação do conhecimento anterior – como a redação – que, via de regra, vai apoiar no avanço do conteúdo a cada ano”, explica a professora Dayse Mara Alves, especialista Pedagógica das escolas de Ensino Médio em Tempo Integral – programa Escola da Autoria.

 

Destacando o trabalho desempenhado pela Secretaria de Estado de Educação (SED) junto às escolas de EMTI, a professora Karina lembra também sobre os comentários feitos pelos estudantes após a prova do Enem. “Logo depois da prova, muitos vieram nos agradecer. Alguns – até mesmo – que estão matriculados em cursinhos particulares disseram que as nossas aulas fizeram toda a diferença. (…) É muito gratificante para nós, professores, quando atingimos este objetivo”, finaliza.

 

Próxima fase

Após a primeira fase da prova, os mais de 70 mil estudantes, de Mato Grosso do Sul, inscritos no Enem voltarão para a segunda etapa da avaliação no domingo, dia 11 de novembro. Desta vez, eles responderão questões sobre Ciências da Natureza (e suas Tecnologias) e Matemática (e suas Tecnologias).


Fonte: Secretaria de Estado de Educação (SED)







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados