Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 17/10/2018
Azambuja cobra celeridade do TRE sobre suposto erro em urnas eletrônicas
Compartilhar Notícia
Reinaldo Azambuja foi até o TRE após reclamações de eleitores (Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado)


O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na tarde de ontem (16/10), cobrar celeridade sobre o caso da foto do candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) supostamente não aparecer em algumas urnas em Mato Grosso do Sul. Presidente do TRE, João Maria Lós, afirmou que tudo não passa de boatos.

 

“Viemos aqui por preocupação, porque tiveram muitas dúvidas em relação à validade dos votos. Criou-se uma insegurança com relação às urnas eletrônicas. Recebi muitas reclamações sobre isso. Digitando o número, não aparecia a foto do Jair Bolsonaro [candidato à Presidência do PSL]”. 

 

O governador declarou que o TRE vai fixar nas zonas eleitorais informativos orientando o eleitor a esperar aparecer a foto do candidato para então poder confirmar o voto.

 

“Nas urnas mais antigas, quando se digitava o número, não dava tempo de aparecer a foto. Não digo que só aconteceu com Bolsonaro. Queremos a lisura das eleições. Criamos as urnas eletrônicas, uma tecnologia brasileira, mas não podemos deixar dúvidas. O TRE falou que, se tiver alguma dúvida na hora do voto, deixa o eleitor dentro da cabine de votação, chame o mesário para verificar a validade do voto. Saímos daqui satisfeitos”.

 

Segundo o presidente do TRE, João Maria Lós, não há falhas nas urnas eletrônicas. “São boatos. Não tem falha nenhuma no processo eleitoral, as urnas não apresentam nenhuma dificuldade, e eles vieram trazer mais a preocupação de que a Justiça Eleitoral prestasse esclarecimento à população, pois, por meio das redes sociais, criou-se um clima de desconfiança em relação às urnas”, afirmou.


Fonte: Correio do Estado







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados