Página Inicial | DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 18/09/2018
Resgate em milharal teve participação de bombeiros do quartel entregue por Reinaldo
Compartilhar Notícia
Diabética e dependente de insulina, Thaís Valadares ficou perdida em uma área de 11 mil hectares de milho em junho de 2017, quando foi resgatada pelos bombeiros (Foto: Divulgação)


O Brasil inteiro acompanhou, no ano passado, o resgate da empresária Thaís Regina Souza Valadares, de 39 anos, que ficou dois dias perdida em um milharal, entre Sidrolândia e Maracaju. O que pouca gente sabe é que parte dos militares que trabalharam no salvamento são de um quartel do Corpo de Bombeiros que começou a ser construído na gestão passada, mas só foi concluído e entregue pelo governador Reinaldo Azambuja.

 

Localizado em um lugar estratégico, o 18º Subgrupamento de Bombeiros Militar, em Sidrolândia, foi entregue em setembro de 2015. Ele é responsável também pelos atendimentos em Dois Irmãos do Buriti.

 

A estrutura de 729 m² de área construída e custo de R$ 1,553 milhão é apenas uma das construções deixadas pelos antecessores, mas concluídas em 3 anos e 7 meses pela atual administração estadual. O Governo Reinaldo Azambuja recebeu 215 obras inacabadas ou abandonadas e já terminou e entregou 208. 

 

Final feliz

Diabética e dependente de insulina, Thaís Valadares ficou perdida em uma área de 11 mil hectares de milho em junho de 2017. Ela errou o trajeto para uma fazenda e atolou o carro. A empresária tem o tipo mais grave de diabetes e precisa tomar injeção três vezes ao dia. Como a produção de insulina do pâncreas é insuficiente nos portadores de diabetes tipo 1, há risco de perder a vida se as doses não forem aplicadas corretamente.

 

Thaís Valadares ficou dois dias sem comer e sem beber água, mas sobreviveu graças ao resgate bem sucedido feito pelo Corpo de Bombeiros, com a ajuda da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e cães do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

 

Mais obras

O quartel do Corpo de Bombeiros em Sidrolândia é apenas um exemplo das obras concluídas pelo Governo Reinaldo Azambuja por meio do programa Obra Inacabada Zero. Naviraí e Bataguassu também receberam quartéis dos Bombeiros. 

 

Em várias cidades foram entregues pontes e rodovias; ampliações e reformas de escolas, delegacia de polícia, bibliotecas, Centros de Educação Profissional, novos blocos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), agências fazendárias e laboratórios científicos, entre várias outras construções.


Fonte: Victor Barone







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados