Página Inicial | DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 27/08/2018
Presidente da Copasul recebe homenagem do IFMS na Assembleia Legislativa
Compartilhar Notícia
Presidente da Copasul recebe homenagem do IFMS em sessão solene na Assembleia Legislativa


A diretora executiva do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), professora Marcelina Maschio, e o presidente da Cooperativa Agrícola Sul-mato-grossense (Copasul), agrônomo Gervásio Kamitani, foram os dois nomes indicados pelo IFMS para receberem homenagem outorgada pela Assembleia Legislativa e Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior (Crie-MS) em comemoração ao Dia da Educação Superior, celebrado na data de 21 de agosto 

 

A solenidade, realizada no plenário da Assembleia na noite desta quarta-feira, 22, concedeu a Medalha Darcy Ribeiro à professora Marcelina e outros seis professores e pesquisadores que prestam relevantes serviços em prol do desenvolvimento do ensino, pesquisa e extensão no estado.

 

“Eu represento a equipe do IFMS e esta homenagem é extensiva a todos que trabalham para fazer nosso Instituto Federal cada vez melhor, direcionando sonhos e objetivos para que a instituição seja cada vez mais forte. Ao receber esta medalha, com o nome de um ícone na educação brasileira, sinto gratidão por todas as oportunidades que o Instituto já me concedeu e continua dando até hoje”, afirmou Marcelina, primeira pró-reitora de Ensino do IFMS e responsável pela abertura dos primeiros cursos da instituição em sete municípios do Estado.

 

O reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak, destaca que as indicações foram feitas pela equipe de gestores do Instituto como forma de reconhecer servidores e parceiros que contribuem com a implantação da instituição no Estado.

 

"Entregar estas homenagens justamente no ano em que completamos 10 anos de IFMS é muito oportuno, pois este é o momento de enaltecer todo o trabalho feito por nossos servidores e também agradecer todos aqueles parceiros que foram e continuam sendo fundamentais para o nosso trabalho de consolidação", afirmou.

 

Além de Marcelina, receberam a Medalha os seguintes profissionais: Ademir Kleber Morbeck de Oliveira (Uniderp), Carina Elisabeth Maciel (Assembleia), Cleonice Alexandre Le Bourlegat (UCDB), Damião Duque de Farias (UFGD), Neli Kika Honda (UFMS) e Sandro Márcio Lima (UEMS).

 

Comenda

Na mesma noite, foi entregue a Comenda Pedro Pedrossian para sete personalidades que contribuem para o ensino superior sul-mato-grossense. Indicado pelo IFMS, presidente da Cooperativa Agrícola Sul-mato-grossense (Copasul), Gervásio Kamitani, foi um dos responsáveis pela abertura do curso de Agronomia no Campus Naviraí do IFMS.

 

“A consolidação do Campus Naviraí é gratificante, pois sempre acreditei muito em educação e seu papel de formação de pessoas. Isso o IFMS vem fazendo e deixando nossa cidade em condições de dar oportunidades para que os jovens possam estudar sem precisar sair do município”, afirmou o agronômo

 

A Comenda Pedro Pedrossian foi entregue ainda a Eliza Emília Cesco (UEMS), Fernando Antonio de Castilho (Uniderp), João Pereira da Rosa (UFMS) , Padre José Marinoni (UCDB), Renata Vidal Cardoso Gardenal (Assembleia) e Wilson Biasotto (UFGD).

 

Participaram da cerimônia os reitores das instituições de Ensino Superior que compõem o Crie-MS, a professora Nicolassa Marina Maldonado Leite Machado, representando a secretária de Estado de Educação e o Governador do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi, e Pedro Pedrossian Neto, representando a família do ex-governador Pedro Pedrossian.

 

História

O agrônomo Gervásio Kamitani é pós-graduado em Fertilidade de Solo e tem MBA em Gestão Empresarial, além de formação no Programa de Desenvolvimento em Gestão e Liderança, em Lisboa, pela Católica Lisbon Business and Economics. É produtor rural e faz parte da Diretoria do Sindicato Rural de Naviraí, sendo ainda presidente da Cooperativa Agrícola Sul Matogrossense (Copasul).

 

Já a professora Marcelina Teruko Fujii Maschio é Professora Titular da Carreira EBTT (Ensino Básico Técnico e Tecnológico), possui graduação em Pedagogia, em Educação Física e em Administração, com Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva, em Educação Ambiental, Metodologia do Ensino Tecnológico, Metodologia do Ensino Superior e do Ensino da Educação Física. Seu mestrado e doutorado foram na área da educação: mestrado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e doutorado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP).

 

Desenvolveu trabalhos para a abertura do curso superior de Agronomia no Campus Naviraí do IFMS, sendo um dos principais resultados a cessão de área para implantação da fazenda experimental, fator decisivo para a consolidação do curso.

 

“Gervásio Kamitani fez um trabalho incessante para a abertura do curso de agronomia, dedicando tempo, energia, viabilizando a área para implantação da fazenda experimental no campus. Hoje, ainda é participativo em eventos e diversas outras ações do campus”, destacou o diretor-geral do Campus Naviraí, Matheus Bornelli.

 

CRIE

A instituição do Dia da Educação Superior coincide com a comemoração de um ano de criação do Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (Crie-MS), que reúne seis instituições públicas e privadas do Estado: seis instituições de ensino superior: UFMS, Uems, UFGD, Anhanguera/Uniderp, UCDB, além do próprio IFMS. 

 

“Em uma ação pioneira e inédita em todo o país, unimos diferentes instituições em prol da educação, que é a melhor forma de melhorar a vida das pessoas, com conhecimento, ciência e inovação. É através da educação que podemos mudar nosso país”, afirmou o primeiro presidente da história do Conselho e reitor da Uems, Fábio Edir.

 

Para Staszczak, que é um dos membros fundadores do Conselho, a particularidade do IFMS ser a única instituição do Crie a também trabalhar com a educação básica enriquece o trabalho e as estratégias desenvolvidas em conjunto.

 

“O IFMS pode agregar à discussão a verticalização da oferta de educação, desde cursos técnicos integrados ao ensino médio até a pós-graduação, dentro da própria instituição, mas também considerando a oferta de cursos das instituições parceiras, tudo isto para entregar à sociedade um profissional bem formado e competente”, analisou.


Fonte: Ascom/IFMS







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados