Página Inicial | DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 26/03/2018
Sicredi inaugura Pátio Raiffeisen durante Fórum Nacional de Presidentes
Compartilhar Notícia

Com o propósito de valorizar a história do cooperativismo de crédito e o legado de seus precursores, o Sicredi – instituição financeira cooperativa com 3,7 milhões de associados e atuação em 21 estados brasileiros – inaugurou na quinta-feira, dia 22 de março, em seu Centro Administrativo, em Porto Alegre (RS), o Pátio Raiffeisen. A cerimônia ocorreu durante o Fórum Nacional de Presidentes, que reúne 150 representantes, entre eles os dirigentes das 116 cooperativas de crédito e das cinco centrais que integram o Sicredi, além de outras lideranças e convidados.

 

O pátio é composto pelos bustos em bronze fundido de três personalidades marcantes do cooperativismo de crédito: Friedrich Wilhelm Raiffeisen, nascido há 200 anos e criador do modelo que inspirou a maioria das cooperativas de crédito no mundo; Padre Theodor Amstad, fundador da primeira cooperativa de crédito brasileira, que deu origem ao Sicredi, em 1902, em Nova Petrópolis (RS); e Mário Kruel Guimarães, precursor do cooperativismo de crédito contemporâneo que deu origem à organização sistêmica das cooperativas do Sicredi.

 

“Os precursores quando criam algo ou fundam uma entidade pensam na eternidade e cabe a nós dar condições de perenidade. Temos o dever de dar a maior longevidade possível para os seus ideais e realizações”, destaca Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente da SicrediPar, da Central Sicredi PR/SP/RJ e conselheiro do Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (Woccu).

 

Também participaram da solenidade Márcio Lopes de Freitas, presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB); Fernando Dall’Agnese, presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste; Harold Paquete Espinola Filho, chefe de departamento de supervisão de cooperativas e instituições não bancárias do Banco Central; Jaime Chávez Suarez, presidente da Federação Colombiana de Cooperativas de Poupança e Crédito e Financeiras (Fecolfin), presidente da Cooperativa de Poupança e Crédito na Colômbia (Comultrasan),  e conselheiro da Woccu; Bento Venturim, presidente do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito, presidente da Central Sicoob Espirito Santo; Henrique Castiliano Vilares, diretor presidente do Sicoob; Luiz Edson Feltrim, ex-diretor de administração do Banco Central; Vergílio Perius, presidente da Ocergs; Kedson Pereira Macedo, diretor presidente da Confebras; Léo Trombka, coordenador nacional do Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito da OCB; Romeu Ribeiro de Barros, superintendente de operações da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos; João Tavares, presidente executivo do Banco Cooperativo Sicredi; Clarisse D'ávila Guimarães, filha de Mário Kruel Guimarães, além de outros representantes do Banco Central, dirigentes do Sicredi, entre outros convidados.

 

Durante o fórum, também foi lançado o selo postal comemorativo em homenagem aos 200 anos de Raiffeisen, uma parceria do Sicredi com os Correios. Mil selos foram distribuídos aos presidentes e autoridades presentes na cerimônia.

 

O Fórum Nacional dos Presidentes visa debater alinhamentos estratégicos da instituição financeira cooperativa, assim como temas ligados ao setor financeiro e ao segmento do cooperativismo de crédito, e teve início na quarta-feira (21). Na ocasião, Dasenbrock conduziu a abertura do encontro, agradecendo a presença dos presentes e ressaltando a importância do evento.

 

No mesmo evento, também foi realizada a palestra sobre “A importância do legado nas organizações”, ministrada por José Ernesto Bologna, professor convidado da Fundação Dom Cabral, consultor e conferencista nacional e internacional, fundador e principal titular do “Ethos Desenvolvimento”.

 

Já na quinta-feira (22), segundo dia de fórum, foram realizadas as assembleias gerais ordinárias e extraordinárias da SicrediPar e Sicredi Fundos Garantidores. Uma das pautas votadas pelos presidentes foi a nova composição de Conselho de Administração e Fiscal da SicrediPar e da Sicredi Fundos Garantidores. Também houve apresentações sobre a Fundação Sicredi, que coordena os programas Crescer, Pertencer e A União Faz a Vida, bem como a do Plano Estratégico de Tecnologia.

 

Na sexta-feira (23), último dia do evento, aconteceu a palestra com foco em sustentabilidade, ministrada por Olaf Brugman, diretor executivo de Mercados Sustentáveis do Rabobank. Além disso, também ocorreu uma homenagem a Luiz Edson Feltrim, ex-diretor de Administração do Banco Central do Brasil (BC), e a palestra sobre “Sistema Financeiro e Cooperativismo de Crédito”, ministrada por Paulo Sérgio Neves de Souza, diretor de Fiscalização do BC.


Fonte: Assessoria/Sicredi







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados