Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 20 DE ABRIL DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 28/01/2018
Critério para concessão da MS-360 à iniciativa privada será valor da tarifa, diz Reinaldo Azambuja
Compartilhar Notícia
Foto: Arquivo


O critério para a definição da empresa que deverá administrar a rodovia MS-360 será o valor do pedágio e não o que a concessão à iniciativa privada poderá render ao Governo do Estado. Foi o que informou o governador Reinaldo Azambuja. “Não é uma concessão onerosa, aquele que a concessionária paga ao poder público, teremos uma concessão de menor tarifa, então quem apresentar a menor tarifa será a vencedora, com certeza”, afirmou.

 

O governador explicou que antes de qualquer decisão, a equipe do Governo do Estado está fazendo um estudo detalhado, principalmente com relação ao tráfego de veículos não só agora mas também com a projeção para os próximos anos. Reinaldo Azambuja destacou que é preciso ter cautela para evitar o que ocorreu com a privatização da BR-163, em que a queda no movimento de veículos provocou o atraso no cumprimento do cronograma de obras, como a duplicação da pista.

 

Segundo Reinaldo Azambuja, está em vigor o edital de Chamamento Público para Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), para que as empresas apresentem suas propostas. Ao falar sobre o assunto na abertura da Feira de Calçados no Centro de Convenções Albano Franco, o governador disse que definido o modelo de concessão da administração das rodovias estaduais, o governo decidirá se outras rodovias estaduais serão oferecidas à iniciativa privada.

 

Sobre a MS-306

A Rodovia MS-306, trecho: Entr. BR-359(B) – Entr. BR-158(A) possui 200,2 km de extensão e interliga os municípios de Cassilândia, Chapadão do Sul e Costa Rica, sendo uma importante rota de escoamento da produção da porção norte da região Centro-Oeste.

 

A Rodovia MS-306 acompanha a divisa com o Estado vizinho de Goiás, atendendo atualmente uma importante região de agronegócios no Estado, sendo polo de integração comercial e de produção entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais. O volume médio de tráfego é de aproximadamente 6 mil veículos, sendo 65% dos veículos de passeio e 34,82% comerciais.


Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados