Página Inicial | SÁBADO, 18 DE AGOSTO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 15/01/2018
Juiz agride brasileiro do Nantes, o expulsa e é suspenso
Compartilhar Notícia
Momento da agressão do juiz ao defensor brasileiro (Foto: Reprodução)


O duelo entre Nantes e Paris Saint-Germain findou com vitória dos parisienses, porém o lance que chamou mais a atenção não foi o do gol de Di María, e, sim, um envolvendo o árbitro Tony Chapron e o brasileiro Diego Carlos, do Nantes.

 

Já nos acréscimos, em uma puxada de contra-ataque do PSG, o zagueiro tupiniquim, acidentalmente, derrubou o juiz na passada. Chapron, ainda no chão e com o lance em andamento, se virou no gramado para agredir Diego, atingido na perna. Ao contestar a atitude lamentável do árbitro, o jogador do Nantes levou o segundo cartão amarelo e, assim, foi expulso.

 

Não para menos, Diego Carlos ficou revoltado com a decisão de Tony Chapron. A sensação foi a mesma por parte de Waldemar Kita, presidente do Nantes, externou o quanto está insatisfeito com a "piada escandalosa". 

 

- É uma piada. Recebi 20 mensagens de todo o mundo dizendo que esse árbitro é uma piada. O que você quer que eu diga para você? Se falo demais, serei convocado por uma comissão de ética. Não temos o direito de dizer nada. Ainda é escandaloso ver isso. Nós damos um vermelho a um jogador que não fez nada - comentou Kita, pouco depois das reclamações de seu treinador, Claudio Ranieri (ex-Leicester e Chelsea).  

 

SUSPENSÃO

Nesta segunda-feira (15/01), horas após a partida no Stade de la Beaujoire, a Direção Técnica de Arbitragem do Campeonato Francês optou por suspender Tony Chapron por tempo indeterminado. O juiz, que já se envolveu em polêmicas com Mario Balotelli e Zlatan Ibrahimovic na França, admitiu que se tratou de um lance involuntário e, posteriormente, será convocado pelo Comitê Disciplinar para apresentar a sua defesa oficial. 


Fonte: Lancenet







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados