Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 29/12/2017
Corpo de Bombeiros dá dicas de segurança do para o período de férias
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


Com a chegada do período de férias, as festividades de final de ano e o verão, que também contribui para o aumento do movimento em clubes e balneários, o Corpo de Bombeiros pensando no bem estar da população alerta sobre atitudes simples e que podem fazer toda a diferença. Seguem algumas dicas de segurança:

 

Afogamentos

a) Caso presencie um afogamento, só tente salvar a vítima caso seja habilitado e esteja em boas condições físicas para a ação; caso contrário, se for possível a aproximação, lance algum objeto flutuante (boia, isopor, prancha, etc) que ajude a vítima a flutuar ou que possa agarrar e ser tracionada para a margem (cordas, galhos com boa resistência, etc);

 

b) Acione o guarda vidas ou o Corpo de Bombeiros Militar através do telefone de emergência “193”;

 

c) Piscinas de clubes e condomínios devem possuir acessos restritos e placas com informações;

 

d) Pais e/ou responsáveis devem dedicar atenção integral às crianças;

 

e) A existência de guarda-vidas não substitui a atenção e responsabilidade dos pais e/ou responsáveis;

 

f) Não faça uso de bebidas alcoólicas antes ou durante a permanência na água;

 

g) Obedeça às orientações e determinações dos guarda-vidas;

 

h) Respeite as sinalizações de alerta e proibição;

 

i) Evite brincadeiras que coloquem a segurança em risco, tais como “briga de galo”, “caldo”, competições de apneia (segurar o fôlego), entre outras;

 

j) Evite mergulhos “de ponta” em locais que não possuam conhecimento sobre a profundidade e relevo subaquático;

 

Fogos de Artifício

a) Somente adquira fogos de artifícios em locais que possuam o Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros Militar e que estejam devidamente autorizados para comercializar tais artefatos;

 

b) A compra e utilização de fogos de artifícios deve ser realizada por maiores de idade; caso o artefato permita ser utilizado por menores de idade, o manuseio deve ser supervisionado por um adulto;

 

c) Leia atentamente o rótulo de segurança e verifique a data de validade dos artefatos no momento da compra e utilização. O manuseio de artefatos vencidos potencializa o risco de acidentes;

 

d) Mantenha caixas de fósforos e/ou isqueiros em locais fora do alcance das crianças;

 

e) Siga, fielmente, as instruções de utilização constantes nas embalagens;

 

f) Nunca solte fogos de artifícios em ambientes fechados ou em direção às pessoas ou animais;

 

g) Atente-se quanto a inexistência de obstáculos na direção dos fogos de artifícios;

 

h) Cuidado com o efeito retardado, pois os fogos podem falhar temporariamente. Se isso ocorrer, considere o artefato ativo, mantendo-o apontado para o alto; caso o artefato não seja acionado, não tente o acionar novamente, descarte-o.

 

i) Não coloque este tipo de artefato nos bolsos;

 

j) Em caso de queimaduras, coloque o membro afetado em água corrente e acione o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193.

 

Raios e Tempestades

a) A corrente do raio pode causar sérias queimaduras e outros danos ao coração, pulmões, sistema nervoso central e outras partes do corpo, através do aquecimento e uma variedade de reações eletroquímicas;

 

b) Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios tais como: celeiros, tendas ou barracos ou veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas;

 

c) Evite estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica;

 

d) Evite estruturas altas tais como torres, de linhas telefônicas e de energia elétrica;

 

e) Não permaneça em áreas abertas, tais como campos de futebol, quadras de tênis, praia, estacionamentos descobertos;

 

f) Não fique no alto de morros ou no topo de prédios;

 

g) Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;

 

h) Não se abrigue sob árvores isoladas;

 

i) Não utilize telefone com fio;

 

j) Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

 

k) Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica.

 

Enchentes

a) Mantenha um membro da família atento e vigilante ao nível de subida das águas, mesmo durante a noite;

 

b) Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso;

 

c) Armazene água potável;

 

d) Mantenha os objetos de maior valor em partes mais elevadas;

 

e) Desligue a energia elétrica;

 

f) Procure abrigo em local alto e seco;

 

g) Se estiver dentro de um veículo, dirija-se para um local alto e espere o nível da água baixar;

 

h) Não estacione o carro próximo à postes ou árvores;

 

i) Tome muito cuidado ao passar por poças de água, pois elas podem ocultar crateras;

 

j) Ao atravessar poças de água, mantenha a aceleração contínua em primeira marcha;

 

k) Dirija devagar, fique longe do carro da frente e evite locais baixos.

 

Inundações

a) Nos casos de maior gravidade (havendo infiltração, rachadura ou barulhos estranhos) abandone sua residência;

 

b) Ribeirinhos e moradores de encostas devem observar o nível da água e riscos de deslizamentos;

 

c) Providencie a evacuação do local e retirada de pessoas que ainda estão correndo risco;

 

d) Transmita alarme aos vizinhos em caso de súbita elevação das águas;

 

e) Na iminência de ser levado pelas águas, procure se agarrar em algum obstáculo ou flutuar;

 

Orientações Diversas

a) Se for viajar, feche o registro do gás de cozinha;

 

b) Não deixe equipamentos elétricos ligados, nem brasas em fogões, lareiras, cinzeiros ou velas acesas;

 

c) Caso alguém não se sinta bem perto de você, acione o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193;

 

d) Em aglomerações, mantenha crianças sob constante vigilância, identificando-as com pulseiras ou crachás plastificados contendo seu nome e seu telefone;

 

e) caso encontre uma criança perdida, leve-a a uma unidade do Corpo de Bombeiros Militar ou da Polícia Militar para que os pais e/ou responsáveis possam ser localizados;

 

f) Beba muita água mineral e sucos de frutas naturais;

 

g) Leve em sua bagagem seus remédios de uso contínuo para evitar problemas de não os encontrar para comprar na cidade em que você estiver;

 

h) Mantenha seu veículo com a manutenção em dia;

 

i) Não dirija cansado, com sono ou sob a influência de álcool ou drogas;

 

j) Respeite os limites de velocidade e sinalizações;

 

Lembramos que caso observe alguma irregularidade, informe o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone de emergência: 193.


Fonte: Assessoria/Corpo de Bombeiros MS







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados