Página Inicial | QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2018
Postada por: Jr Lopes dia 27/12/2017
MS fecha 2,4 mil vagas de emprego e tem pior novembro em 12 anos
Compartilhar Notícia

Mato Grosso do Sul fechou 2,4 mil vagas de emprego em novembro e teve o pior desempenho para o mês em 12 anos. Resultado consta nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quarta-feira (27/12).

 

Dos setores da atividade econômica, só comércio abriu postos de trabalho formal no estado: 307. Administração pública ficou com saldo zerado. As demissões superaram as contratações em indústria de transformação (-869), serviços (-747), agropecuária (-744), construção civil (-361), serviços industriais de utilidade pública (-28) e extrativa mineral (-2).

 

Esse resultado negativo do 11º mês de 2017 deixou Mato Grosso do Sul como a unidade da federação com quarto pior desempenho no país, ficando atrás apenas de Mato Grosso (-5.804), Goiás (-6.163) e São Paulo (-17.611).

 

Novembro foi o primeiro mês em que entraram em vigor as novas regras trabalhistas, com a possibilidade de contratos de trabalho intermitente e com jornada parcial. Os dados do Caged de novembro já incluem as novas formas de contrato, de acordo com o Ministério do Trabalho.

 

Considerando o acumulado de janeiro a novembro de 2017, as admissões superaram as demissões em 1.512 no estado, conforme o Caged.

 

Municípios

Maracaju foi o município sul-mato-grossense com mais de 30 mil habitantes que teve maior fechamento de vagas em novembro: -744. Na sequência aparecem Três Lagoas (-396), Campo Grande (-342), Ponta Porã (-133), Corumbá (-88), Rio Brilhante (-84), Dourados (-49), Coxim (-27), Aquidauana (-19), Naviraí (-9) e Paranaíba (-9).

 

Tiveram saldo positivo Sidrolândia (185), Nova Andradina (37) e Amambai (5).


Fonte: TV Morena







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados