Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 30/11/2017
Palestra sobre reforma trabalhista é realizada na ACEN
Compartilhar Notícia
Evento reuniu a classe empresarial de Naviraí e região (Foto: Divulgação)


Com o intuito de auxiliar os empresários de Naviraí e região, sobre como se preparar e melhor entender as mudanças da nova Lei Trabalhista, o Sindicato do Comércio Varejista de Naviraí (SINDIVAREJO) em parceria com a Associação Comercial e Empresarial de Naviraí (ACEN) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) promoveram na noite desta quarta-feira (29/11), uma palestra especifica sobre o assunto.

 

O palestrante foi José Carlos Parpinelli Junior, professor universitário e advogado trabalhista, que apresentou as principais mudanças promovidas pela nova Lei Trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, e de que forma elas irão impactar nos negócios.

 

A proposta de se promover uma palestra sobre o tema foi apresentada aos empresários no sentido de melhor esclarecer as estratégias e novidades que surgiram a partir da reforma trabalhista e como elas poderão ser empregadas para melhorar a gestão de pessoas. O evento contou com um grande número de empresários do comércio de Naviraí.

 

Especialista na área, Parpinelli Júnior detalhou as principais alterações que ocorreram no direito do trabalho, no processo judicial do trabalho e nas relações sindicais a partir de exemplos práticos e reais de situações presentes nas relações trabalhistas entre patrão e empregado. 

 

TEMAS ABORDADAS NA PALESTRA

Jornada de trabalho; o parcelamento de férias, que passa a ser dividida em três vezes;

Contribuição sindical, que se tornou opcional por parte do trabalhador;

Jornada de trabalho 12 x 36, que passará a ser pactuada mediante acordo individual ou coletivo;

Trabalho Intermitente, em que o empregado poderá ser contratado para trabalhar por períodos (de forma não contínua), recebendo pelas horas, dias ou mês trabalhados;

Tele trabalho, de modo que os empregados passam a ser excluídos do regime de controle de jornada, desde que tal condição esteja devidamente prevista em contrato de trabalho;

Fim das horas in itinere (tempo de deslocamento de casa para o trabalho e vice versa), entre tantos outros.

 

De acordo com Paulo Schmitz (presidente do Sindivarejo) e Mário Nelvo (presidente da ACEN), a palestra serviu para sanar muitas dúvidas e sempre que houver necessidade, eventos desta natureza serão promovidos para a classe empresarial esteja preparada para os efeitos da nova lei trabalhista provocará a partir de agora.


Fonte: Folha de Naviraí







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados