Página Inicial | DOMINGO, 17 DE DEZEMBRO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 24/11/2017
Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi em Rio Negro vai beneficiar 1,4 mil estudantes
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


Inaugurada nesta quinta-feira (23/11), a Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi em Rio Negro (MS) vai beneficiar 1,4 mil alunos da rede pública de ensino, que passarão a ter acesso a cursos gratuitos de robótica, projetos de leitura, contação de histórias e cursos de inclusão digital, com foco no aprendizado de informática básica. A cerimônia de entrega do espaço foi realizada durante uma grande festa, com sorteio de dez bicicletas pelo Sesi, apresentações culturais de grupos locais e presença de autoridades do município.

 

O vice-presidente regional da Fiems, Luiz Cláudio Sabedotti Fornari, destacou os esforços para garantir o desenvolvimento econômico e social de todas as regiões de Mato Grosso do Sul. “O que o presidente da Fiems, Sérgio Longen, tem feito, é um trabalho pensando no futuro da indústria do interior. Ele reconhece a necessidade e tem a sensibilidade de investir nos municípios do interior, do contrário, teríamos um Estado que cresce capenga e desigual. E uma ação como esta é de extrema importância para um município como Rio Negro, com pouco mais de 5 mil habitantes, e que carece de infraestrutura”, analisou.

 

O superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, ressaltou que a biblioteca é um espaço para formação de cidadãos, com foco na formação tecnológica desde os primeiros passos dos estudantes. “Temos aqui um espaço para formar pessoas. Os monitores não são meros guardadores e organizadores de livros, eles desempenham um papel ativo, e são educadores e agentes de mudanças sociais”, disse, lembrando que desde que a primeira unidade foi inaugurada, em 2008, em Campo Grande, um milhão de jovens e crianças foram atendidas nas bibliotecas, 235 mil delas somente neste ano, e 2.607 vagas foram disponibilizadas para as crianças se matricularem sem qualquer custo.

 

Repercussão

Hoje, são 44 unidades, incluindo a de Rio Negro, espalhadas por 40 cidades do Estado. “Estamos muito contentes com este espaço novo, moderno, e bem estruturado, e com uma arquitetura que, por si só, já atrai olhares de qualquer criança que por aqui passa”, comemorou o prefeito de Rio Negro, Cleidimar da Silva Camargo. A biblioteca foi construída pelo Sesi em um ponto estratégico da cidade, de modo a facilitar o acesso das crianças, dentro da Praça Central, localizada na Rua Rio de Janeiro na esquina com a Avenida Liberdade, no Centro. À Prefeitura, conforme termo de parceria assinado pelo Sistema Fiems e pelo Executivo municipal, cabe a manutenção, limpeza e fornecimento de mão de obra para o funcionamento da biblioteca.

 

A Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi em Rio Negro conta com acervo de mais de 1,3 mil livros de diferentes títulos, cerca de mil títulos de DVDs com filmes e documentários, coleção de gibis, dez computadores com acesso à Internet, além de sala de aula de 30 m² para oferecer cursos de EaD (Educação a Distância) do Sesi e Senai, bem como um estacionamento amplo para as unidades móveis das duas entidades.

 

Como forma de agradecimento ao Sesi, o vereador Antônio de Jesus de Abreu Holsbach, autor da emenda que solicitou a instalação da biblioteca em Rio Negro, homenageou Luiz Cláudio Fornari, Bergson Amarilla e Júlio da Cas, o chefe de Engenharia do Sistema Fiems que idealizou a obra do espaço. “Se hoje temos esse centro de conhecimento em Rio Negro é graças aos esforços do Fornari, esse empresário que sempre atua em favor do desenvolvimento da nossa região, e do Julio, que se tornou um amigo da cidade durante os 90 dias de obra da biblioteca”, pontuou.

 

Sorteio

Para encerrar a cerimônia, o Sesi doou para a Apae de Rio Negro uma bicicleta e sorteou outras nove para os alunos das duas escolas públicas do município, a Leontino Alves de Oliveira e a São Frâncico. Primeira a ganhar o prêmio, Ana Vitória, de 11 anos, não se conteve de alegria. “Quero muito levar logo minha bicicleta para casa, meus irmãos não vão acreditar”, disse a menina, moradora da zona rural de Rio Negro.

 

Maria Rita, mãe de Pedro Lucas, de 2 anos, que ganhou outra bicicleta, comemorou a bicicleta nova. “Vai ajudar bastante porque ainda estudo e ajuda se tiver uma bicicleta para ir à escola e deixar ele com a babá”, contou. Jaelson, de 16 anos, vai usar a bicicleta para brincar com os irmãos. “Vou dividir com eles, não tem nem jeito de ganhar uma bicicleta nova e ficar só comigo”, disse.

 

Serviço - Para acompanhar o calendário de cursos basta acessar o site do Sesi www.sesims.com.br ou ligar no 0800 723 73 74


Fonte: Daniel Pedra/Fiems







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados