Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 08/11/2017
Agência de Comércio e Desenvolvimento dos EUA manifesta interesse em investir no MS
Compartilhar Notícia
O encontro com representantes da USTDA aconteceu na sede da MSGAS (Foto: Raquel Pereira/ MSGAS)


Após apoiar mais de 180 atividades em diversos segmentos no Brasil, a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA) manifestou interesse em investir em Mato Grosso do Sul. Na manhã desta terça-feira (07/11), o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, e o diretor-presidente da Companhia de Gás do Estado de MS (MSGAS),Rudel Trindade, receberam o representante da Agência, Rodrigo Mota, que falou sobre as intenções da Agência no Brasil e em especial no Estado. O encontro aconteceu na sede da MSGAS.

 

A USTDA é uma agência do governo federal dos Estados Unidos e tem como objetivo principal apoiar projetos prioritários de infraestrutura em países parceiros. O custeio acontece a fundo perdido e destina-se principalmente a atividades que incluem estudos de viabilidade, assistências técnicas, projetos piloto, conferências, workshops, visitas técnicas aos EUA. No  Brasil já foram custeadas mais de 180 atividades, principalmente no setores de transporte, energia, tecnologia da informação e meio ambiente.

 

“Nosso objetivo é fomentar projetos com estruturas modernas e todos os nossos programas são custeados a fundo perdido. Nós abrimos concorrência nos Estados Unidos, e no caso, se um dia estabelecermos parceria com o governo de Mato Grosso do Sul, nossa agência escreve os termos de referência, nós abrimos a concorrência pública, e as instituições que serão beneficiadas escolhem uma auditoria americana para conduzir os estudos aqui no Estado. Atuamos em três setores prioritários: transportes, energia e tecnologia da informação. Somos muito flexíveis, avaliamos projeto a projeto, então é importante pra agência entender quais os projetos prioritários para o Estado”, explicou o representante da USTDA.

 

Entre os trabalhos já desenvolvidos pela Agência no Brasil, Mota exemplificou o estudo de segurança para o aeroporto de Congonhas; o estudo de redes inteligentes para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig); estudo de eficiência energética operacional para Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), na Bahia, entre outros. “Já celebramos acordos em todas as regiões do país, em todos os níveis de governo e junto ao setor privado”, pontuou.

 

Segundo o diretor-presidente da MSGÁS, os técnicos da Companhia já irão elencar alguns projetos. “Como, por exemplo, uma central de controle operacional e também melhorias na segurança na rede de distribuição de gás natural”, contou.

 

Para o secretário de Infraestrutura, Mato Grosso do Sul está de portas abertas, de forma a fazer o melhor para a população. “Queremos fazer o melhor, se for para deixar um bom legado para o Estado e para a população usufruir”, finalizou Miglioli.


Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados