Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 20/09/2017
Mundo Senai atrai 8,7 mil pessoas em 11 unidades distribuídas por 10 cidades
Compartilhar Notícia
Foto: Divulgação


O Mundo Senai, que foi realizado dias 14 e 15 de setembro nas unidades operacionais de Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia e Três Lagoas, recebeu 8.780 pessoas, entre estudantes e empresários, que foram conhecer de perto as ocupações técnicas da indústria e os cursos oferecidos para quem deseja ingressar no mercado de trabalho.

 

No Senai de Aparecida do Taboado foram 325 visitantes, enquanto em Campo Grande foram 1.100 visitantes na Faculdade de Tecnologia do Senai e 280 na Escola Senai da Construção. Já no Senai de Corumbá foram 924 visitantes, no de Dourados outros 1.261, em Maracaju foram 645, em Naviraí mais 693, em Nova Andradina foram 236, em Rio Verde outros 509, em Sidrolândia mais 325 visitantes e em Três Lagoas foram 1.943 visitantes.

 

Segundo o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, o evento é uma oportunidade de mostrar a toda comunidade a infraestrutura de que a instituição dispõe e o portfólio de produtos e serviços não só na educação profissional, mas também todas as demais soluções agregadas nas áreas de tecnologia e inovação. “Nós esperamos ter impactado todo o público estudantil, que é de interesse da indústria, mas também todo empresariado e trabalhadores das indústrias. Mesmo as pessoas que já têm conhecimento sobre o Senai, é importante ressaltar que sempre temos novidades, dada a atualização tecnológica das nossas escolas e dadas as novas profissões que surgem”, falou.

 

Para a gerente de educação do Senai, Dagmar Tavares Viana de Queiroz, o Mundo Senai é uma oportunidade que a instituição tem para divulgar ocupações técnicas da indústria e os cursos oferecidos aos jovens que querem ingressar no mercado de trabalho. “Além disso, ao abrirmos as portas de nossas escolas, mostramos que estamos preparados com infraestrutura e tecnologias mais complexas, portanto, alinhados com as exigências do mercado de trabalho que requer profissionais preparados com novas habilidades e competências”, disse.

 

Ela completa que o número expressivo de visitantes nesses dois dias de evento demonstra vem crescendo gradativamente o interesse do público em geral pelas profissões relacionadas à indústria. “Isso é muito positivo para o nosso Estado, cuja industrialização está se expandindo e se fortalecendo a cada dia”, pontuou, completando que ao longo desses dois dias as unidades do Senai receberam estudantes do Ensino Médio das escolas da rede pública e privada para divulgar ocupações técnicas da indústria e cursos oferecidos para quem deseja ingressar no mercado de trabalho.

 

Para os que gostam de tecnologia, o Mundo Senai também foi o espaço certo, pois os visitantes tiveram a oportunidade de conferir demonstrações de uso dos mais modernos equipamentos e máquinas do mercado em diversas ocupações. Além disso, visitantes também participaram de minicursos em que comprovaram a qualidade da educação oferecida pelo Senai e tiveram contato com tecnologias usadas nos cursos, lembrando que o Mundo Senai foi criado em 2009 e nesses oito anos recebeu aproximadamente 2,5 milhões de visitantes em todo o Brasil.

 

Repercussão

A estudante Eduarda Camile, 14 anos, da Escola Estadual São José, de Campo Grande (MS), adorou a visita à Escola Senai da Construção, pois não conhecia o ambiente. “Gostei dos laboratórios, das oficinas e das várias opções de cursos. Gostei muito”, afirmou. A estudante Denise Vilalba Rodrigues, aluna da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, também de Campo Grande (MS), destacou a oportunidade proporcionada pelo Mundo Senai. “É uma forma de abrir a mente dos alunos e ajuda na hora de escolher a profissão, pois a gente ainda não sabe muito o que fazer. Achou a estrutura do local bem interessante, e até se interessou pela oficina mecânica”, disse após visitar a unidade do Senai de Campo Grande.

 

O estudante Bruno Domingues, que estuda na Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado, em Campo Grande (MS), visitou o laboratório de costura do Senai da Capital e estava ansioso para descobrir as demais profissões. “O evento mostra diferentes caminhos para o mercado de trabalho”, assegurou. O estudante Nikson Bryan, também aluno da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, visitou três laboratórios do Senai de Campo Grande e conta que achou bem criativa a iniciativa. “Ajuda a abrir novos horizontes. Vou repassar para mais pessoas esses cursos oferecidos aqui”, falou.

 

O estudante Felipe de Oliveira Rodrigues, aluno da 2ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Jorgino de Oliveira Rocha, de Aparecida do Taboado, também ficou satisfeito com o Mundo Senai. “Foi muito interessante e ficou bem elaborado. Quero fazer os cursos de segurança do trabalho e de mecânica de máquinas industriais, pois me identifiquei com essas profissões. Para mim, esse tipo de ação estimula em muito as pessoas e os meus colegas também querem fazer um curso do Senai”, disse.

 

O estudante Erick Gabriel Vieira Marques, 3ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Gustavo Rodrigues da Silva, de Paranaíba, acrescenta que, após participar do Mundo Senai, quer atuar na área de eletroeletrônica. “Gostei muito e pretendo fazer um curso nessa área. Me interessei bastante”, garantiu. O estudante Mateus Farias, aluno da 1ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Manoel Ferreira de Lima, gostou da oportunidade de participar do Mundo Senai. “Foi muito interessante conhecer tudo que o Senai oferece”, disse.

 

Para a estudante Letícia dos Santos, aluna do 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Manoel Ferreira de Lima, o Mundo Senai abriu as portas para uma futura profissão. “Eu achei o laboratório de química é muito legal e tem várias coisas que nunca tinha visto”, afirmou. A estudante Ana Carla Borges Paulino, aluna do 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Odércio Nunes de Matos, adorou participar do Mundo Senai. “Gostei muito de todas, mas a parte de eletrotécnica me fascinou. Quero fazer isso no futuro”, declarou. O estudante Vítor Barbosa Antunes, também aluno do 9º ano do Ensino Fundamental da mesma escola, acrescentou que gostou a parte de mecânica. “Pretendo fazer um dia um curso nessa área”, pontuou.

 

Para a estudante Emily Gabriele Gilberto Santos, da 3ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Dom Aquino Corrêa, considerou o máximo participar do Mundo Senai. “Nunca tinha vindo ao Senai e todos estão de parabéns, pois detalharam bem os cursos oferecidos”, disse, completando que tem interesse de fazer cursos ligados à área de celulose e papel.


Fonte: Fiems







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados