Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 03/08/2017
Agosto Lilás pretende atingir 15 mil alunos das escolas públicas de MS
Compartilhar Notícia
Luciana Azambuja fala da Campanha Agosto Lilás (Foto: Victor Chileno/ALMS)


A subsecretária de Estado de Políticas Públicas, Luciana Azambuja Roca, ocupou a tribuna nesta quarta-feira (02/08) para falar sobre a Campanha Agosto Lilás, instituída pela Lei 4.969, de 30 de dezembro de 2016, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), líder do governo na Casa de Leis, que também requereu a fala da subsecretária nesta manhã.

 

“A Campanha Agosto Lilás, em seu primeiro ano de ações, será realizada todos os dias do mês. O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher e divulgar a lei Maria da Penha com a realização de mobilização, palestras, debates, panfletagens, eventos e seminários. Além do Programa Maria da Penha vai à Escola, lançamos ontem o Programa Maria da Penha vai à Igreja”, explicou a subsecretária.

 

Na lei 4.969/2016 também está previsto o Programa Maria da Penha vai à Escola, que consiste em ações educativas voltadas ao público escolar, contemplando prioritariamente alunos do ensino médio das escolas estaduais, podendo, entretanto, ser realizado em escolas municipais e estabelecimentos particulares de ensino.

 

Luciana Azambuja também destacou as diferentes formas de mobilização da Campanha. “Faremos rodas de conversa com as mulheres beneficiadas de programas sociais e nas unidades prisionais do Estado. Com o apoio da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), 51 cidades aderiram à Campanha. Nossa meta neste ano é alcançar 15 mil alunos da rede pública estadual”, ressaltou.

 

Algumas parcerias já foram estabelecidas, segundo a subsecretária Luciana Azambuja. O Banco do Brasil (BB) e o Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) vão imprimir em seus extratos mensagens sobre a violência doméstica. As contas de água e luz também terão uma mensagem impressa, também serão impressos todos os holerites dos servidores estaduais. A empresa Vivo enviará 522 mil torpedos para mobilizar os clientes das cidades de Campo Grande, Dourados, Corumbá e Três Lagoas.

 

“Devemos mobilizar a sociedade de Mato Grosso do Sul pelo fim da violência contra as mulheres, pois esse assunto não pode ser banalizado e esquecido. A Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas está à disposição dos deputados estaduais para interiorizar a Campanha Agosto Lilás às suas bases municipais”, concluiu Luciana Azambuja.

 

A deputada Mara Caseiro (PSDB) falou em nome das deputadas Antonieta Amorim (PMDB) e Grazielle Machado (PR). “Agradeço ao trabalho da Subsecretaria de Políticas Públicas do Estado, que tem um olhar voltado às mulheres. Precisamos transformar nossos filhos e filhas para que eles aprendam a se respeitarem mutuamente desde pequenos. Que possamos um dia celebrar a igualdade de fato e de direito”, constatou Mara.


Fonte: Agência ALMS







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados