Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2021
Postada por: Jr Lopes dia 26/02/2010
MS tem maior incidência de dengue do País
Compartilhar Notícia
Mosquito Aedes Aegypti é vetor de transmissão de dengue (Foto: Divulgação)


Nas seis primeiras semanas de 2010 (até 13 de fevereiro) , Mato Grosso do Sul registrou a maior incidência de dengue do Brasil, com 891,7 casos a cada grupo de 100 mil pessoas, totalizando 21.050 notificações no Estado neste período. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (26), em Brasília (DF), pelo coordenador do Programa Nacional de Controle de Dengue, Giovanini Coelho.


Segundo Coelho, mais de 70% dos casos de dengue notificados no País neste início de ano se concentram em cinco estados. Além de Mato Grosso do Sul, Acre (com incidência de 870,4 casos), Rondônia (com 642,3 casos), Goiás (com 423,2 casos) e Mato Grosso (com 511,8 casos).


Além de Mato Grosso do Sul liderar a incidência, Campo Grande ocupa a primeira posição entre as capitais com o maior número de notificações. Nestas primeiras semanas do ano, foram relatadas 12.712 notificações na cidade sul-mato-grossense.


As notificações registradas em Campo Grande, junto com as contabilizadas em Goiânia(GO), com 12.316; em Rio Branco (AC), com 5.056; em Porto Velho (RO), com 3.412, e Aparecida de Goiânia (GO), com 3.280, representam 34% de todos os casos notificados de dengue no Brasil no período.


Análise


Para o coordenador do Programa Nacional de Controle de Dengue, apesar do número de notificações da doença no País ter crescido 109%, passando de 51.873 nas seis primeiras semanas de 2008 para 108.640 no mesmo período deste ano não há uma epidemia ainda no Brasil, mas sim uma 'situação de vulnerabilidade'.


Coelho creditou o aumento do número de casos ao forte calor, alto volume de chuvas e ao crescimento da circulação do vírus tipo 1 da dengue. Ele disse ainda que os dados revelados nesta sexta preocupam o Ministério da Saúde e indicam uma concentração da doença nas regiões Centro-Oeste e Norte do País.


Situação mais grave


Boletim Epidemiológico da Secretaria Saúde de Mato Grosso do Sul, divulgado nesta semana e que tem dados ainda mais atualizados sobre o avanço da dengue no Estado (até o dia 20 de março) a situação é ainda mais grave que a retratada pelo Ministério da Saúde.


O número de casos notificados no Estado sobe para 24.019 e a incidência dispara para 1.018 casos a cada 100 mil pessoas. Em Campo Grande, as notificações chegam a 14.172 e incidência a 1.877 a cada 100 mil pessoas.


Em Mato Grosso do Sul, já foram confirmados através de exames laboratoriais 2.384 casos, sendo que 29 a doença evoluiu com complicações e oito foram da febre hemorrágica de dengue. (*Com informações da Agência Brasil e Ministério da Saúde)


Fonte: Agência Brasil







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados