Página Inicial | QUARTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 04/04/2017
Gabigol chuta garrafa e deixa campo em derrota do Inter
Compartilhar Notícia
Gabigol, na chegada ao San Siro antes da derrota para o Sampdoria: brasileiro não saiu do banco novamente (Foto: Getty Images)


Gabigol não lidou muito bem com o fato de ter ficado mais uma vez no banco de reservas do Inter de Milão. Segundo alguns veículos da imprensa italiana, incluindo o jornal "Gazzetta dello Sport", o brasileiro teria chutado uma garrafa e deixado o campo mais cedo após a terceira substituição do técnico Stefano Pioli, durante a derrota por 2 a 1 para o Sampdoria, nesta segunda-feira. O jovem ainda saiu do gramado batendo a mão no peito.


Pioli preferiu lançar ao campo Kondogbia, Éder e João Mário. O brasileiro atuou com a camisa nerazzurra pela última vez há quatro jogos, na 26ª rodada, no revés por 3 a 1 para o Roma. Ele entrou no fim e jogou por apenas 15 minutos. Gabigol tem apenas oito jogos pelo Inter de Milão e um gol marcado. Questionado sobre a atitude do atacante, o treinador italiano desconversou. E disse que todos os jogadores do Internazionale estão insatisfeitos com o resultado desta segunda.


- Eu acho que os jogadores que não jogaram estão tristes. Eu também acho que os jogadores que estavam em campo estão tristes. Se eu vou falar com ele? Eu vou falar com todo mundo - declarou Pioli.


O ex-santista foi contratado pelo time italiano no meio do ano passado por 29 milhões de euros (cerca de R$ 98 mi, na cotação da época). À época, o holandês Frank de Boer treinava o Inter. Com ele, Gabigol entrou em campo apenas uma vez, no empate com o Bologna, na sexta rodada do Campeonato Italiano. De Boer foi demitido e, com a chegada de Stefano Pioli, o brasileiro ganhou esperanças de ter mais chances. Entretanto, seguiu com pouco prestígio.


Ao total, o atacante fez oito jogos oficiais com a camisa nerazzurra. Foi titular apenas uma vez, na vitória por 3 a 2 diante do Bologna, nas oitavas de final da Copa Itália. Pelo Campeonato Italiano, o brasileiro sempre saiu do banco de reservas e não atuou mais que 16 minutos. Gabriel marcou um gol pelo Internazionale, o da vitória por 1 a 0 contra o mesmo Bologna, na 25ª rodada. Ele esteve perto de ser emprestado na janela de transferências do início do ano, mas permaneceu no clube.


Com a derrota para o Sampdoria, o Inter de Milão é o sexto colocado no Italiano, com 55 pontos, nove atrás do Napoli, terceiro colocado e time que abre a zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa.


Fonte: Globo Esporte







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados