Página Inicial | SEXTA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 02/08/2016
Caravana da Saúde: Credenciamento cirurgias ortopédicas começam no dia 08
Compartilhar Notícia
Projeto vem de encontro com os objetivos da Caravana da Saúde, diz Reinaldo (Foto: Chico Ribeiro)


O Governo do Estado inicia no próximo dia oito o credenciamento das entidades interessadas em realizar as cirurgias ortopédicas de alta complexidade. O edital, publicado do Diário Oficial do Estado, tem o objetivo de acabar com a fila das cirurgias que estão para serem realizadas, como também deve sanar as ações ajuizadas contra municípios e Estado.

 

Hoje, o governador Reinaldo Azambuja citou que a essa ação vem de encontro com os dois principais propósitos da Caravana da Saúde, acabar com as filas de anos de espera para um atendimento médico, como também a reestruturação de todo o sistema de saúde do Estado.

 

“O projeto vem de encontro com os objetivos da Caravana da Saúde. O primeiro deles é acabar com a fila da vergonha. Essas cirurgias estão aguardando para serem realizadas há anos e vamos realizar em seis meses”, explicou Reinaldo Azambuja, em evento no Hospital do Câncer.

 

O Governo pretende fechar contratações com entidades interessadas em realizar os atendimentos ortopédicos de alta complexidade. A proposta é atender todas as pessoas que aguardam cirurgias, como também sanar os problemas judiciais acarretados pela demora no atendimento.

 

Serão investidos recursos próprios do Estado na ordem de R$ 4.901.846,94 para realizar os 336 procedimentos cirúrgicos de alta complexidade. O programa tem duração de seis meses e deve realizar 56 cirurgias por mês. As contratações custarão mensalmente para o Estado R$ 816.974,49.

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) avalia que isso vai – além de proporcionar a redução da fila das cirurgias ortopédicas de alta complexidade – proporcionar uma redução de custos para os cofres do Estado, considerando que cirurgias judicializadas podem chegar a custar R$ 100 mil. Na tabela contratada, o custo empenhado pelo Governo do Estado será, em média, de R$ 14,5 mil por procedimento.

 

A programação do Governo do Estado é de que após abertura do credenciamento, as cirurgias se iniciem ainda neste mês de agosto. Qualquer entidade de saúde de Mato Grosso do Sul com capacidade de atendimento ortopédico de alta complexidade pode participar do edital.


Fonte: Notícias MS







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados