Página Inicial | SÁBADO, 30 DE MAIO DE 2020
Postada por: Jr Lopes dia 15/02/2010
Rio Paraguai dá esperança de acesso para Mocidade em Corumbá
Compartilhar Notícia
Nova Corumbá fez um desfile como há alguns anos não fazia (Foto: Diárioonline)


A apresentação da única agremiação da parte alta da cidade, a Mocidade, mexeu com o público, muito em função do refrão de fácil assimilação do samba-enredo, que trazia o verso “é na gíria do mar; Soamar; o mar já virou rio vai virar mar”. A Mocidade Levou 900 componentes para a avenida.


A Nova Corumbá fez um desfile como há alguns anos não fazia, talvez desde quando homenageou a Bolívia em seu enredo. A todo instante os intérpretes Braguinha (da Grande Rio) e Elton da Mocidade exaltavam a apresentação da escola durante o desfile, gesto que empolgou os componentes.


Um dos destaques foi o recuo da bateria, os oitenta ritmistas foram os únicos da noite a executarem a evolução. Entrada e saída no Box montado na rua 15 de Novembro foram feitos com destreza e não causou os temidos “buracos” na apresentação.


O enredo “Nas águas do Paraguai, nasce um rio de esperança”, bem desenvolvido na avenida dá esperanças – sem trocadilhos – à escola de voltar à elite das escolas de samba corumbaense.


Fonte: Diárioonline







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados