Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2017
Postada por: João Guizolfi dia 11/05/2015
Hospital aguarda confirmação de morte encefálica de paciente com raiva
Compartilhar Notícia
Paciente está no CTI do Hospital Universitário (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)


O corumbaense de 38 anos que está internado no Hospital Universitário de Campo Grande desde o dia 17 de abril não tem mais o vírus da raiva no organismo, no entanto, o estado de saúde dele agravou-se nos últimos dias e a equipe médica acredita que em até dois dias, se o quadro não for revertido, a morte cerebral do homem deve ser confirmada.


O médico infectologista responsável pelo tratamento do paciente, Maurício Pompilio, afirmou, na manhã desta segunda-feira (4), que o piscineiro tem um edema cerebral, que foi diagnosticado ontem.


Há uma semana, a equipe médica reduziu a sedação do paciente, no entanto, ele não voltou do coma. Isso significa que as atividades cerebrais e fluxo arterial do homem estão fracas.


“O estado dele é muito grave, ainda está vivo, mas apresenta o edema cerebral”, disse o médico.


A equipe médica deve fazer um novo exame detalhado em até dois dias, caso níveis de sódio e potássio não se normalizem. O novo exame deverá constatar a morte cerebral, conforme os médicos.


Apesar de todo o agravamento no estado de saúde, uma notícia é positiva. O paciente foi curado do vírus da raiva, tudo em razão do protocolo internacional de tratamento da doença.


A família do piscineiro corumbaense já foi comunicada do grave estado de saúde dele.


Fonte: Correio do Estado







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados