Página Inicial | QUINTA-FEIRA, 23 DE NOVEMBRO DE 2017
Postada por: João Guizolfi dia 20/04/2015
Moradores usam 20 extintores contra incêndio em apartamento de manicure
Compartilhar Notícia
Fogo destruiu cozinha e área de serviço. (Foto: Marcelo Calazans)


A manicure Fabrícia Antunes dos Santos, 46 anos, acordou na manhã deste domingo (19) com a cozinha do apartamento onde mora, no Condomínio Bromélia, no bairro Jardim Carioca, pegando fogo.


As chamas destruíram todos os móveis e eletrodomésticos que estavam no cômodo, como fogão, geladeira e até máquina de lavar roupas. Segundo a manicure, ela acordou por volta de 12h30 ao perceber o fogo.


Desesperada, pediu ajuda para os vizinhos, que utilizaram cerca de 20 extintores de incêndio do próprio condomínio para conter o fogo.


Testemunhas contaram que Fabrícia estava muito descontrolada e, a todo momento, enquanto vizinhos tentavam conter as chamas, ela dizia: "eles tão fazendo isso comigo, faz tempo que tão fazendo isso comigo."


Aos bombeiros ela garantiu que estava sozinha no momento em que percebeu o fogo e que acredita que as chamas começaram na máquina de lavar roupas, que teria dado curto e, assim, gerado o incêndio.


No entanto, testemunhas afirmaram que ouviram a vítima conversando com três homens no começo da manhã deste domingo, todos teriam discutido. Depois, eles teriam ido embora e, ela, foi dormir. Após algumas horas, acabou surpreendida pelo fogo.


De acordo com Vinícius Frotté, bombeiro aspirante à oficial, nem todos os 20 extintores funcionaram, mas foram suficientes para conter danos maiores.


Ainda não se sabe o que iniciou o incêndio. "O prédio é novo, tem cerca de um ano e segue todas as exigências de segurança, então é difícil apontar as causas nesse primeiro momento", afirmou. Por isso, bombeiros voltarão ao local para analisar o caso e encontrar as causas.


Por fim, os bombeiros completaram o trabalho de resfriamento e contenção, além de fornecer orientações.


À equipe de reportagem do Campo Grande News, Fabrícia lamentou que, agora, precisará trabalhar em dobro para superar o prejuízo.


Fonte: Campo Grande News







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados