Página Inicial | SÁBADO, 23 DE JANEIRO DE 2021
Postada por: Andrey Vieira dia 19/12/2009
Gripe suína matou mais de 10 mil no mundo, diz OMS
Compartilhar Notícia

Um balanço divulgado nesta sexta-feira pela OMS (Organização Mundial de Saúde) afirma que a gripe suína, denominada oficialmente gripe A (H1N1), causou 10.582 mortes em 208 países e territórios. O novo saldo representa um aumento de quase mil casos em uma semana.


O continente americano continua como o local de maior número de mortes --6.335 no total. Na Europa, ao menos 1.654 mortes foram registradas --quase 400 a mais em sete dias.


Já na Ásia, 892 pessoas morreram pelo novo vírus. No oeste do Pacífico, este número chega a 1.020.


A África foi o único continente que não registrou novas mortes e mantém balanço de 109 vítimas.


A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.


Para diagnosticar a infecção, uma amostra respiratória precisa ser coletada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha o vírus, e examinada em laboratório.


O tratamento precoce com os antivirais Tamiflu ou Relenza pode ajudar a reduzir a gravidade e a duração da infecção, de acordo com o CDC (Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos).


Fonte: FolhaOnline







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados