Página Inicial | DOMINGO, 23 DE JULHO DE 2017
Postada por: Jr Lopes dia 09/11/2013
Caetano diz ter feito esforço e pede perdão a Roberto Carlos
Compartilhar Notícia

Após sua crítica a Roberto Carlos e a consequente saída do cantor do grupo Procure Saber, na última terça (5), Caetano Veloso pediu perdão em sua coluna dominical no jornal "O Globo".


"Mesmo que ele nunca mais queira me ver, continuarei amando quem fez 'Fera ferida' e 'Esse Cara Sou Eu'", escreve Caetano no artigo publicado na edição deste domingo (10).
 

Em entrevista ao "Fantástico", exibida em 27 de outubro, Roberto se disse a favor de biografia não autorizada, desde que com "certos ajustes" --após intensos debates em torno do apoio dos integrantes do Procure Saber à autorização prévia para biografias. Em 2007, ele tirou de circulação o livro "Roberto Carlos em Detalhes", escrita pelo jornalista Paulo César de Araújo.


No artigo publicado em 3 de novembro, o cantor baiano afirmara que Chico Buarque, Gilberto Gil e ele próprio tinham sido criticados pelo apoio à autorização prévia para a publicação de biografias e que Roberto Carlos só surgiu depois. "Apanhamos muito da mídia e das redes, ele vem de Rei." Também atacou a intervenção de advogados de Roberto na associação Procure Saber para administrar o desgaste público sofrido pelos músicos.


Agora, Caetano diz: "Minhas trombadas nascem de querer quebrar algum esquema cristalizado que me impacienta. Não tenho o direito, acho. Não sou terapeuta dele nem palmatória do mundo".


O homem que cantou, ao lado de Jorge Mautner, que não pede desculpa nem perdão terminou o texto desta semana em tom transigente: "Eu tinha feito muito esforço para defender a parte que acho defensável de uma causa que me estranha. Peço perdão".


Fonte: Folhaonline







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados