Página Inicial | TERÇA-FEIRA, 23 DE JULHO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 12/11/2009
Mapa faz consulta pública para implantar novas regras de rastreabilidade
Compartilhar Notícia

Representantes e técnicos do Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, apresentaram, nesta quarta-feira (11), ao Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da CNA - Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a proposta para mudanças nas regras do Sistema de Rastreabilidade Bovina.


Para esta mudança será aberta ainda este mês, pelo Mapa, uma Consulta Pública aberta aos produtores rurais, visando o aprimoramento da proposta.


A principal mudança é o fim do livro de registros, como detalha o Coordenador do Sistema de rastreabilidade, Naor Maia Luna, “ Acaba o livro de registros e o produtor passa a prestar as informações diretamente a Base Nacional de Dados do Sisbov, os dados de entrada e saída do animal da propriedade, sem precisar do registro de papel, isto porquê o registro será informatizado.”


Com a nova proposta o representante do Ministério garante que as mais de um milhão e 600 mil propriedades vão conseguir manter os registros em dia. “Isto porque se elimina toda essa documentação e, ainda, se o produtor cumprir os prazos para prestar as informações no sistema informatizado, ele ficará em dia e em condições de exportar seus animais, disse Maia Luna.” Outra vantagem do novo Sisbov, é que o pecuarista vai começar do zero.


O presidente do Fórum Nacional de Pecuaristas de Corte, Antenor Nogueira, destacou que o novo sistema acaba com a burocracia, “essa Instrução Normativa que está sendo colocada traz em seu bojo a nossa vontade de eliminar uma série de regras, que a própria União Européia nunca exigiu mas, que infelizmente, eram exigidas ao produtor brasileiro, ressaltou Nogueira.


Com a apresentação do novo Sisbov ao Fórum, representantes dos produtores nos estados tomaram conhecimento e puderam contribuir com a experiencia de quem está na propriedade vivenciando os problemas. “Este é um avanço muito grande, e sem dúvida nenhuma houve um enxugamento que vai facilitar a adesão do produtor ao Sisbov, completou Nogueira.


Fonte: TV Morena







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados