Página Inicial | SEGUNDA FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2019
Postada por: Jr Lopes dia 23/08/2009
Mato Grosso do Sul tem o maior registro de raios do país
Compartilhar Notícia

O raio, quando encontra o solo, espalha corrente elétrica por quilômetros. Sensores do Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – identificam onde ele caiu. Mas o Inpe ainda não tem como prever onde o raio vai cair. Por isso, se você estiver no campo, nada de ficar embaixo de árvores ou perto de cercas. E, dentro de casa, cuidado com os equipamentos elétricos.


E atenção com o uso do telefone celular. “Pessoas dentro de casa falando ao telefone celular, com o aparelho celular ligado à rede elétrica. Isso é perigoso, tivemos mortes no ano passado pela primeira vez no Brasil”, explica Osmar Pinto Jr., pesquisador do Inpe.


O ideal é ter nas casas o fio terra. As hastes de cobre ficam ligadas ao sistema elétrico da residência. Se um raio atingir a rede de transmissão, a descarga vai ser desviada para fora da casa, sem perigo para os moradores. Os especialistas ainda recomendam: não ande na chuva ou empurre motos e carros durante o temporal.


“Se você ouvir o trovão ele foi em consequência de um raio e esse raio ocorreu no máximo a 25, 30 quilômetros, isso significa que você já está exposto à próxima descarga”, diz Widinei Alves Fernandes, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.


Fonte: G1







Naviraí Diário | Todos os Direitos Reservados